Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

ACEITAÇÃO





Ontem, aliás, já era hoje pela madrugada, quando postei aqui minha partilha sobre meus sentimentos ao assistir o Programa que apresentou uma reportagem sobre DQ e Codependência.
Finalizei meu Post com os olhos cheios de lágrimas. Uma dor enorme dentro de mim.

Um sentimento de culpa tão grande, por ter sido eu quem apresentei as primeiras drogas para meus irmãos. Um sentimento de culpa tamanha por eles estarem na vida que estão.

Ontem, mais uma vez, me cobrei muito por tudo o que aconteceu e ainda vem acontecendo em minha família.

Finalizei o Post. Desliguei o Notbook e fui durmir....quer dizer, tentar durmir.
Passei horas "castelando" em tudo o que havia se passado desde minha infância até o dia de hoje. Lembrei-me dos momentos em que eu havia iniciado com minhas primeiras doses de bebidas alcoólicas, dadas pelo meu Pai. Lembrei-me dos meus primeiros "baseados", onde, naquela época, era tão discriminado, que ninguém queria chegar nem perto de "maconheiro". Era um tipo de pessoa totalmente repudiada.
Ontem eu passei horas na cama tentando me lembrar dos momentos em que meu Pai nos levava para passear e eu me divertia muito com meus irmãos e minha família.
Aí comecei a me lembrar das vezes em que as coisas deram os primeiros passos para a destruição. Lembrei-me quando aconteceram minhas primeiras complicações por uso de drogas. Lembrei-me das primeiras vergonhas que causei pra minha família. Lembrei-me das vezes que tirei coisas de casa pra trocar por drogas. Lembrei-me das vezes que dei drogas para meus irmãos, fazendo com que eles também tivessem algo pra esconder dos nossos pais e assim não me entregar pra eles. Lembrei-me de cada momento, de casa situação, até os dias de hoje.
Dentre estes tristes momentos, alguns deles foram bastante chocante e impactante! Momentos como o que fiz minha família passar, quando noticiava na midia falada, escrita e televisada, os trágicos acontecimentos que eu provocava em minhas insanidades. Momentos como o de minha familia totalmente destruida, desamparada, onde havíamos acabado com tudo dentro de casa e minha Vó, minha falecida Vó, não tinha mais o que comer e saía pelas ruas, tentando comer nas casas dos parentes, que já não queriam mais nem ajudar, pois sabiam que nós (eu e meus irmãos), iríamos trocar tudo por drogas.
Nestas alturas, minha Mãe já não morava mais conosco, apenas minha Avó não nos abandonou nunca!
Ela era tão religiosa! Tinha uma Fé tamanha de que nós iríamos vencer! Tinha uma disposição imensa em continuar lutando conosco, nos defendendo de todo jeito.
Minha Avó.....Saudades enormes!
Ontem foi mais um dia destes, onde passei horas para pegar no sono.
Quando eu estava tentando durmir, meu telefone toca.....já eram altas horas da madrugada. Era um brother meu, que havia assistido o dito Programa e queria que eu o ajudasse. Queria que eu arrumasse uma vaga pra ele na CT.
Aquele momento foi onde pude ver o quanto as coisas podem ter um significado diferente. Dali pra frente, começei novamente a me reerguer. Passei a encarar a situação com mais aceitação, pois sou convicto de que não posso mudar nada e nem ninguém, mas, como eu disse, é complicado esse desligamento emocional.
Quando eu desliguei o telefone, parece que eu havia tirado o grampo dos olhos que impediam-me de durmir. Logo o sono chegou e livrei-me do sentimento de culpa que ora me pertubava.

Abração e TAMUJUNTU.

6 comentários:

  1. Amigo, n consegui ver ontem, mas vou ver depois pela net, me falaram mesmo que foi mto bom o programa, imagino q vc tenha ficado mesmo mexido com ele, mas, você tem sim q olhar para trás para somente se lembrar do q n quer mais em sua vida, do resto, tenho certeza de q vc está contribuindo com o universo fazendo o bem e partilhando suas experiências...
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Pois é, amiga!
    É assim que estou tentando fazer. Estou tentando lembrar somente para não passar novemente pelo mesmo drama, mas não tem como não se comover, não se deixar se abalar com a situação dos que são meus e estão naquela vida, entende?
    Mas eu tô trabalhando seriamente isso em mim, pois eu tenho muita dificuldade em lidar com esta situação dos meus familiares e muitas vezes em acabo em depressão fort[issima.
    Qto ao programa....na real, na real, amiga, eu nem sei se podemos chamar noticias trágicas de muito bom....mas sei que foi bem impactante.
    Compreendi perfeitamente o que vc quis dizer, amiga e posso dizer que vale a pena vc conferir pela net.
    Abração, amiga e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  3. Meu querido, o que passou, passou, o mais importante é quem você é hoje e o que está fazendo agora!
    Serenidade e paz de espírito pra você nesse sabadão!!!
    TAMUJUNTU!

    ResponderExcluir
  4. “nada muda se você não mudar”! Tente viver o hoje q com suas mudança muitas coisas a sua volta vão mudar, pense nas coisas boas que vc pode fazer, exemplo esse seu amigo pedindo ajuda, ele sabe que vc é capaz de ajudar, não de fazer uma escolha por ele mas de ajudar, isso é tão gratificando poder ajudar alguém né, gostei muito do seu blog.
    Tamo junto queridoo

    ResponderExcluir
  5. Valeu, Poly!
    Uma excelente semana ´pra vc, minha amiga!
    TAMUJUNTU.


    Jé...agradeço pelas palavras, amiga!
    Só por hoje, estou tentando "viver e deixar viver". Só por hoje, sou grato por minha recuperação.
    Espero que possamos continuar juntos!
    Abração, amiga!
    TAMUJUNTU

    ResponderExcluir
  6. Imagino sua afliçaõ meu amigo,porém isso já passou não poderá fazer nada para mudar tudo issso q já aconteceu..
    Esse desligamento é fodaa mesmo,sei bem cmo é eu mesma não consigo rsrsrsrs..
    Mas temos q tentar sempre..
    Forçaa!
    beijão

    ResponderExcluir