Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

sábado, 31 de dezembro de 2011

ÚLTIMO DIA DO ANO!!!!!! RETROSPECTIVA...PLANOS...PROMESSAS...COMEMORAÇÃO...E MAIS UM DIA "LIMPO"!

Está acabando o ano (2011).
Pode até ser que não tenha sido um ano assim, digamos, "supimpa!" e tal.... mas certamente tivemos nossos momentos bons, alegres, onde conseguimos dar boas risadas.


Certamente tivemos momentos tristes, onde chegamos a perguntar a nós mesmo: "- Eu mereço tudo isso?" Pode até ser que não tenhamos conseguido o que almejamos no decorrer deste ano que finda, mas teremos novas oportunidades no ano que logo se inicia.


Último dia do ano. Dia de retrospectivas. Alguns lembram dos momentos mais marcantes. Houve momentos que, para nós, foram pequenos detalhes, mas que marcaram a vida de alguém, tipo, um gesto de dizer à alguém "Relaxa! Isso vai passar!", o que mudaria completamente a vida desta pessoa.


Último dia do ano é dia de contabilizar os ganhos...e os prejuizos. Lembramos de quantas foram as tentativas...umas, frustantes, outras de sucesso. E tiramos o máximo de proveito de cada erro, para que não seja preciso continuar errando.


Último dia do ano é dia de analisar direitinho onde fomos falhos, ausentes, omissos... É dia de fazer um inventário moral, de fazer uma análises para ver se fizemos as reparações devidas e merecidas (e possíveis, lógico), para que na próxima retrospectiva, possamos dizer à nós mesmos: "Desta vez, fiz um ano melhor!".


Último dia do ano é dia de fazer projetos, planos, planejamentos. Dia que se fazem muitas promessas. Promessas de que vou perder peso... vou voltar a estudar... vou gastar menos... vou trocar de carro... vou parar de fumar... de beber... de me drogar... quando eu sair daqui (da prisão, do hospital, da clínica, da comunidade terapêutica, etc), vou me dedicar mais à minha família... vou frequentar a Igreja.... vou até ser dizimista.


Último dia do ano também é dia de se preparar para comemorar a chegada de um novo ano. Nessas comemorações, muitas vezes se perde tudo que se ganhou ao longo do ano... ou de anos. Às vezes se perde anos de sobriedade, simplesmente por um brinde "à saúde", feitas com taças de champagne.  Daquele brinde "à saúde", vem a doença, quando não, a morte.

Quantos serão que conseguirão manter-se sóbrio neste Reveillon? Quantos conseguirão amanhecer o 1º dia do ano, lembrando-se da última noite do ano anterior? Quanto vão acordar se lamentando do vacilo de ter caído na tentação da carne e perdido o salário do mês? Quantos não vão nem acordar? Quantos Pais, Mães, Esposas, Maridos, Namorados, Filhos, já não estão fazendo promessas para que seu adicto não use?


Para mim, terminar bem o ano, não é ter ganho muito dinheiro, nem ter feitos muitas viagens, etc. Para mim, terminar bem o ano é poder dizer no dia 1º de Janeiro: "MAIS UM DIA LIMPO!".    É conseguir mais um MILAGRE.  É entender que, por mais que o dia da virada de ano seja um dia tão comemorado, eu só vou poder mesmo comemorar é a conquista de MAIS UM DIA LIMPO. Mais um dia em que eu não usei drogas.    Vou comemorar por ter amanhecido em casa, junto com a família e não mais na prisão, como aconteceu algumas vezes. Vou comemorar por não ter deixado minha família triste e preocupada, sem notícias minha.


Eu digo "vou", porque eu sei que HOJE, SÓ POR HOJE, eu não vou usar drogas.
HAJA O QUE HOUVER, HOJE, SÓ POR HOJE, EU NÃO USAREI!
Não quero mais me enganar, achando que uma "carreirinha" e um "pico" nas minhas veias, vai deixar minha noite mais louca. Sei que um drink qualquer, vai me transformar num monstro. Vou perder meu tempo "Limpo" que, apesar do dia mais importante ser o HOJE, mas eu já estou há algumas 24 horas sem usar.


Eu não preciso mesmo mais dar motivos de minha Mãe fazer promessas pra mim...já basta as que ela certamente está fazendo para meus irmãos que ainda estão na ativa.
Não vou deixar lá na boca o dinheiro do vestido de minha mulher, dos sapatos dos meus filhos, da matrícula deles, do guaraná que vou colocar na mesa... Não vou transformar o meu suor em fumaça!

Não quero sair pra me "divertir" e voltar sem me lembrar do que fiz, do que aprontei....sem falar das vezes que não voltei...fui encaminhado para delegacias e/ou hospitais.
Não quero mais me "divertir" daquele jeito. No lugar daquela "diversão", eu deixaria lá minha saúde, minha liberdade e provavelmente minha vida! Por isso, eu vou permanecer no mesmo propósito que tem me feito passar estas 24 horas sóbrias.

Talvez o ano que se encerra fique em nossas lembranças por longas décadas, pelos fatos e acontecimentos que nos aconteceu, ou que marcou o mundo e, de certa forma, nossas vidas. Mas talvez queiramos esquecer aqueles momentos que vivemos ou tivemos conhecimento, aos quais só nos trouxeram mágoas, frustações e ressentimentos.


Sei que foram dias e mais dias de árduas lutas e conquistas. Pode ser que tivemos algumas derrotas, mas, estamos aqui, sobrevivendo.
E se achamos que este ano demorou muito a acabar, pelos seus dias difíceis....tenhamos atenção no novo ano (2012), que terá um dia a mais, pois será um ano bissexto. Isso pode ser mais um dia para que tenhamos a oportunidade de conseguirmos o que não conseguimos em 2011.


Quero agradeçer a cada um de vocês que estiveram presente em minha vida neste ano que se encerra. Quero pedir desculpas aos que não estive tão presente em suas vidas. Quero pedir desculpas aos que magooei. Quero pedir perdão aos que ainda guardam mágoas de mim. Quero dizer que, apesar de minha ignorância não deixar eu ser mais prestativo, ainda assim, eu tento fazer o possível para agradar aos que me cercam e aos que me são caro. Perdoem-me se não consegui agradar.


Agradeço imensamente aos que me dizem a verdade, mostrando-me quando e como estou errado, pois a verdade é sempre bem vinda. 


Muito obrigado aos amigos(as) de trabalho, pela cooperação nas atividades idealizadas e realizadas. Que em 2012 estejamos ainda mais unidos.


Muito obrigado aos companheiros(as) de Grupos, aos quais, sem vocês, eu não conseguiria ir adiante. Vamos caminhar ainda mais juntos neste ano que se inicia.


Meus agradecimentos especial à minha família. Não tenho nem palavras para agradecer a cada um de vocês, pelo apoio que me deram não somente ao longo deste ano, mas em toda a minha vida, à qual não teria sentido sem vocês. Que em 2012 eu possa fazer vocês ainda mais feliz.


Aos meus filhos(as)....amo vocês! Tentarei estar mais presente em suas vidas neste ano de 2012.


Existem pessoas em minha vida que são muito especial...vocês sabem quem são.....amo vocês.


Desejo que nós todos tenhamos mais de 2012 motivos para comemorar a chegada deste novo ano. Que 2012 seja um ano realmente novo em nossas vidas!


Quero finalizar deixando um abraço fraterno à cada um de vocês e dizer que "TAMUJUNTU".


E, como não devemos nos levar muito à sério, compartilho com vocês, dois vídeos: o primeiro, é para que saibamos que não podemos comemorar nada antes do tempo, antes da hora certa. Portanto, deixemos para comemorar o que realmente nos for merecido e no tempo certo.


http://www.oznerdz.com/2010/11/nunca-comemore-antes-da-hora.html


O outro vídeo é bem humorado, para que tenhamos momentos de risos neste finalzinho de ano. Peço desculpas pelo vídeo ser de um momento de distração da ouvinte com o locutor, onde aproveitaram da ingenuidade e fizeram este vídeo. Como eu disse, não se levem muito a sério. (risos).


http://www.youtube.com/watch?v=hIrRNFa8OiA



FELIZ ANO NOVO, PESSOAL!!!!!!!!


Ah!  Em 2012, viva sua vida conforme disse um sábio chinês:   #£¬ 阿嘎 ¢@  !§%>%$%@#  Y£ 阿嘎 艾米         艾非  #£&¬¨¨§伊普苏伦  大布柳   阿嘎 阿什艾丝³£&!  $@%艾丝¨  ¬ 阿嘎£ 阿嘎 伊普 , %#$=§伊普 @£o*§#  ª¨%¨*#伊普  £ 阿嘎大 ".]$%§.


Lindo isso, né???
Eu quase chorei naquela parte que diz: 阿嘎 阿什艾丝³£&!  $@%艾丝¨  ¬ 阿嘎£ 阿嘎 伊普 , %#$=§伊普 @£o*§# 

kkkkkkkkkkkkkkkkk
haahahahahahaaa

Abração e TAMUJUNTU.
Júnior - Limpo, só por hoje!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

TRAGÉDIA EM FAMÍLIA - FILHA MATA A MÃE!

FILHA MATA MÃE A FACADAS EM SERTÂNIA-PE.


Isabela Maria

As drogas destruíram mais uma família no Sertão pernambucano. No último sábado (24) uma jovem de 22 anos, matou a própria mãe a facadas na cidade de Sertânia, sob efeito de álcool e drogas ilícitas. De acordo com a imprensa do Sertão do Moxotó, a professora Maria Ivone Pereira da Silva, 59 anos, estava lutando para livrar do vício das drogas a filha, Isabela Maria Ferreira de Souza, de 22 anos. O objetivo da professora não foi atingido e ela foi morta após uma recaída da filha neste fim de semana. Conforme testemunhas, a jovem chegou em casa drogada, começou a discutir com Maria Ivone, pegou uma faca e atingiu a genitora com diversos golpes. A professora não resistiu os ferimentos, acabou morrendo antes de ser socorrida para o hospital. Isabela Maria foi presa em flagrante, sendo encaminhada para a Colônia Feminina de Buíque.


Fonte: Blog de Alvinho Patriota/Blog Diniz K-9

***
Políciais militares encontraram a suspeita na rua com sinais de embriaguez e, quando chegaram na residência dela, encontraram Maria Ivone morta. Na delegacia do município, a filha confessou o homicídio. Segundo a polícia, ela já tinha agredido a mãe. Após o depoimento, a acusada seguiu para a Colônia Penal Feminina de Buíque.
Jornal do Commercio
http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/policia/noticia/2011/12/26/jovem-e-acusada-de-matar-a-mae-em-sertania-26659.php 

******
Não sinto nenhum prazer em divulgar notícias desta natureza. Muito pelo contrário, me dá uma péssima sensação de impotência.
Acontece que isso vem acontecendo de forma tão, digamos assim, "natural", que as pessoas até passam despercebidos com uma manchete desta.
Antigamente, ouvir-se noticiar que uma bárbárie desta havia acontecido.....aff!!
As pessoas passavam dias e mais dias abismadas, devido a repercussão.
Mas hoje em dia, isso é tão "normal", tão comum acontecer, que nem dá tempo das pessoas se assustarem com tal ABSURDO, que logo já tem outra notícia ainda mais trágica para ser alvo da mídia.
Bom...isso quando a mídia divulga, né?
E os casos que ficam no anonimato?
E aqueles casos que não são divulgados, porque a imprensa não tem como noticiar somente tragédias?
Sim....se os noticiários fosse divulgar todos os crimes relacionados com uso e/ou tráfico de drogas... Nem mesmo toda a programação de um turno daria para tantas notícias.
Daí, então, era que as pessoas iriam agir com mais naturalidade ainda, diante destas tragédias.

Sinceramente, pessoal....será que percebe-se o quanto estamos desvalorizando a vida humana?

Outro dia, eu estava participando de um Simpósio e havia um Tema relacionado com "A VIDA".
Éramos participantes e palestrante de um outro Tema co-relacionado.
Um determinado Religioso abordou, categoricamente, a questão da valorização da vida humana sob a ótica da Religião. Posteriormente, um Promotor de Justiça enfocou a desvalorização da vida humana, sob a ótica do Judiciário. Houve representantes de ONG's que também enfocaram tanto a desvalorização quanto a valorização da vida.

Diante dos expostos, pairava um ar de abominação aos que praticavam crimes contra a vida, (homicídio; induzimento, instigação ou auxílio do suicídio; infanticídio; aborto), bem como crimes de natureza como "DA PERICLITAÇÃO DA VIDA E DA SAÚDE", que incluem os crimes de "PERIGO DE CONTÁGIO VENÉREO", "PERIGO PARA A VIDA OU SAÚDE DE OUTREM", "ABANDONO DE INCAPAZ", "MAUS TRATOS", e outros.

Ficou entendido que devemos atentar mais para os ensinamentos religiosos de amor ao próximo; ficou esclarecido que devemos valorizar mais o SER HUMANO, como tal, etc.

Aí, me veio à cabeça uma coisa: por quê será que somente isso é colocado como valorização a vida? Por quê será que não se aborda a discriminação aos usuários de drogas como desvalorização a vida? Por quê não se comenta que àqueles que não se importam com os que estão nas ruas, usando drogas, em situação de risco, também estão, de certa forma, infringindo o tal crime DA PERICLITAÇÃO DA VIDA E DA SAÚDE?

Sim, pois lá em seu Art. 135, está o crime de OMISSÃO DE SOCORRO - Deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública:
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
Parágrafo único - A pena é aumentada de metade, se da omissão resulta lesão corporal de natureza grave, e triplicada, se resulta a morte.

Quantas crianças não estão aí abandonadas, uma hora dessa, usando drogas? Passa lá na cracolândia e vê..
Será que o abandono citado no referido Artigo é somente ao abandono dos Pais ou Responsáveis?
Quantas pessoas não estão por aí, inválidas e/ou feridas, desamparadas e em gravíssimo situação de perigo e ninguém faz nada?  Cadê os que deveriam realmente fazer alguma coisa pra se cumprir o que diz a LEI?
Ou será que o que diz essa Lei é somente para quaisquer outra situação, menos as que envolve o uso abusivo de drogas?

Ai vem lá o finalzinho do texto do Artigo 135: "...ou não pedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública."

Mas se a gente for mesmo pedir.....será que vai surtir efeito? Ou vamos, simplesmente, escutar:"Ah! mas esses casos não estão tipificados nessa Lei!"???

Naquele Simpósio que participei, não tive como silenciar diante de tantos questionamentos. Eu tinha meu Tema à ser exposto, mas tinhas as minhas dúvidas diante das demais explanações. Tentei tirá-las, mas, infelizmente, as respostas foram tipo,"É isso mesmo! Você está certo! Mas não se pode levar tudo ao pé da letra!" - ressaltou um representante do Ministério Público.

Sinceramente, eu vejo as coisas de outra maneira. Eu tentei demonstrar, pelo menos aos que ali estavam presentes, que não podemos abominar somente atos dos homicidas, etc e tal....devemos também repudiar a nós mesmos, quando, diante de certas situações, nos colocamos em neutro, sendo omissos, negligentes, fazendo de conta que não podemos fazer nada, quando, na verdade, podemos, pelo menos, pedir socorro!
Isso, também, é desvalorização da vida!

Infelizmente a ótica Jurídica não vê assim....de certa forma, ainda bem, senão, haja pessoas infringindo a Lei...rsrsrs

Mas eu continuarei fazendo a minha parte. Tentarei gritar aos quatro cantos do mundo que existe uma saída e que a recuperação é possível.

Se as drogas matam...se quem usa, comete suicídio, (as vezes, lentamente, as vezes, abruptamente)...se cruzar os braços diante disso é omissão de socorro... eu vou tentar salvar pelo menos uma vida....assim como estou, até o presente momento, sendo salvo.

Ontem eu estive no Grupo e levei um visitante. Agora ele é nosso companheiro, pois se identificou com o sugerido Programa de Recuperação. Que legal que ele vai dar uma chance pra ele mesmo!

Hoje é aniversário de meu Irmão. Ele está lá na Bahia. Quem acompanha meus post's já há algum tempo, sabe da história dele. É aquele que eu fui pro casamento dele, no inicio do ano. Ele está tentando se recuperar. Estava limpo há alguns meses e teve uma recaída recente, mas, diz ele, que está se levantando novamente. Torço por ele. Aliás, torço por cada adicto que existe no mundo. Tenho uns Irmãos que estão nas ruas, lá em Recife/PE e gostaria tanto que eles também encontrasse a sobriedade.

Não ficarei aqui me lamentando. Já estou me recuperando de uma deprê da porra, se eu ficar castelando nisso, é capaz de nem terminar aqui de escrever e já ir me isolar novamente.

Por falar em terminar de escrever, acho que já falei demais hoje. rsrs
Peço desculpas por ter entrado num assunto de forma tão técnica, que pode até ter mexido com as opiniões de vocês. Mas reafirmo que isso aqui não passa de uma opinião pessoal minha. É apenas meu ponto de vista. Respeito, claro, cada um de vocês e até gostaria de ver os comentários aqui.

Quero finalizar, deixando aqui meus sentimentos à família da Professora Maria Ivone, que foi vítima da própria filha...quer dizer, foi vítima das drogas.
Eu não a conhecia pessoalmente, mas era minha conterrânea e trabalhava com uma Tia minha.

Fiquem todos na paz!

Abração e TAMUJUNTU.

domingo, 25 de dezembro de 2011

NATAL!! CEIA!! FESTAS!!!!!!! ....E MINHA RECUPERAÇÃO!!!!!

Ontem, 24 de Dezembro de 2011, foi mais uma véspera de Natal que passei "limpo", sem usar nenhuma substância que altere meu comportamento, minha mente e meu humor.
Hoje acordei sem nenhuma ressaca....me lembrando de tudo o que aconteceu....se bem que eu não vi muita coisa que aconteceu pelo entrar da madrugada....porém, desta vez, não foi porque eu fiquei "chapado", muito doido, vacilando, e não vi nada que aconteceu, não.......desta vez foi porque eu quis ir dormir cedo. Eu não estava bem comigo mesmo e resolvi deitar cedo.
Quando acordei hoje, agradeci ao PODER SUPERIOR por mais um dia "limpo".
Estes dias, minhas noites de sono tem sido bastante complicadas, com muitos pesadelos, sonhos ruins pra porra......só sonho matando gente....Aff!!!!!!!!!! Essa noite foi um sonho terrível. Eu atirava contra um brother meu, por motivos banais, após uma discussão besta....coisa insana mesmo.
Pô!  Tô aqui pensando que parada é essa que tá rolando comigo estes dias, que venho tendo esses sonhos...quer dizer, estes pesadelos.
O bagulho é tão sinistro que eu acordo com a sensação de que foi real e tal.....viagem do @#$#*£¬.
Até parece que eu estava vivendo mesmo aquele sonho e pá...vem logo as recordações das antigas....é foda!
Sei que num tô legal estes dias. Tenho sentido a deprê me pegar sutilmente. Depois do que aconteceu com meu afilhado, não tenho ido com regularidade aos grupos de mútua ajuda. Mas não deixo de tentar trabalhar os PASSOS e de ir nas CT onde faço parte da equipe técnica. Mas eu sinto que não estou 100% e que estou depressivo. Por mais que eu tente demonstrar que estou bem, as pessoas que me conhecem percebem, de cara, que não estou legal.
Só sei que tô levando....o mais importante estou fazendo, que é não usar drogas, haja o que houver. Isso é que é primordial pra mim. Tenho me vigiado para que as situações não me coloque em risco, apesar de ter que lidar com isso constantemente, pois eu não deixo de ir nos lugares de uso e de venda, mas os motivos de me levarem até estes locais, é que fazem todo diferencial....não estou indo lá pra usar e nem para adquirir substâncias.
Talvés alguém que esteja lendo este meu blog possa pensar que o (ou um dos) motivo(s) que me fazem sentir assim como estou, seja o fato de eu estar sempre lidando com adictos na ativa, ou mesmo me colocando nessas situações. Aconteçe que isso não tem nada haver com meu estado emocional....muito ao contrário, eu fico bem melhor quando estou fazendo este meu trabalho de resgate. Sinto-me útil e mais seguro, a cada nova abordagem. Sinto mais alegria quando estou nestas situações e posso dizer "EU NÃO USO, NÃO!   VALEU!!".
Tive toda uma vida de adicção. Desde infância, lidei com a codependência de meu Pai, que era adicto. Ainda criança, iniciei minha adicção e minha convivência foi com o Submundo do Sistema, por muuuuitos e muuuuuuitos anos. Quando iniciei meu processo de recuperação, foi nos Grupos de mútua ajuda, lidando constantemente com adictos. Fiz cursos e mais cursos e especialização na área de D.Q. e hoje lido diretamente com eles....tanto os que estão em recuperação, quanto os que estão na ativa. Portanto, não é o fato de ir nos lugares que pessoas usam, que me deixa assim....na real, na real, eu tenho depressão e outros transtornos que, assim como minha adicção, eu tenho que me tratar e, nem sempre, estou mantendo o equilíbrio emocional necessário para dizer que estou bem.
Sabe?  Eu amo lidar com meus iguais. Eu faço parte de um pequeno grupo que está sempre tentando resgatar usuários de drogas das ruas e de situações de risco. (Digo pequeno porque somos poucos aqui e sei que são poucas pessoas no mundo que dedicam seu tempo para o próximo.....nós aqui dos blog's fazemos a diferença, quando nos importamos em compartilhar nossa experiência, forças e esperanças, afim de que outras pessoas possam encontrar uma luz no fim do túnel).
Sei que vou ficar bem. Sei que vou me sentir melhor....se não for hoje, será amanhã ou depois....mas irei me sentir melhor, pois estou sempre buscando uma melhor qualidade de vida. Estou sempre tentando viver o sugerido Programa dos DOZE PASSOS.
Apesar de toda minha complicação mental...apesar de toda minha insanidade, eu hoje aproveito bastante do meu direito de escolha. E, "só por hoje", eu escolhi não usar drogas. "Só por hoje", eu escolhi continuar minha recuperação, compartilhando minha sobriedade com aquele adicto que ainda sofre. "Só por hoje" eu vou agradecer ao PODER SUPERIOR por mais um dia "limpo" e farei o possível para não deixar que a depressão aumente ainda mais em mim e tome conta de minha vida, dominando minhas vontades e fazendo-me atentar contra mim mesmo, como já intentei e como fez, recentemente, o meu afilhado.
Quero agradecer a cada um de vocês pelo carinho e pelas mensagens linda que deixam aqui em meu blog. Vocês são importantíssimo em minha vida. Ficarei aqui torcendo para que tenham desfrutado de um excelente Natal. Que as Festas tenham sido de muita paz e alegria.
Hoje eu fui entregar uns brinquedos e cestas básicas e kit de material escolar para umas crianças que escrevem para o Papai Noel. Há vários anos eu sou "papai noel" dos Correios. Todos os anos eu vou lá e pego umas cartinhas para entregar presentes. Pego umas para mim e pego outras para meus amigos(as). Hoje foi o dia de entregar uns presentes. Como é bom ver um sorriso de uma criança que aguarda anciosa pelo um presente do Papai Noel!!    Como é bom ver um sorriso de uma criança que aguarda anciosa por um kit de material escolar para estudar no próximo ano!!!   Como é bom ver o sorriso de uma avó que aguarda anciosa por uma cesta básica para alimentar (temporariamente) seus 5 netos!!!
Estes sorrisos me fazem bem!  Sinto como se tivesse fazendo um pouquinho....mas um pouquinho mesmo, do muito que eu deveria fazer......sim, que eu deveria fazer, mas não faço..faço muito pouco.
Se eu passar o restante de minha vida fazendo atividades como estas, ainda assim, ficarei em débito, pelas coisas negativas e danosas que fiz à humanidade, durante minha adicção ativa. É por isso que eu tenho que me esforçar muito pra fazer algo de bom para o meu próximo, pois me conheço e sei que, dentro de mim, ainda existe aquele adicto insano, capaz de fazer barbáries e que, apenas por um MILAGRE, hoje não cometeu nenhuma insanidade.
Eu comparo aqueles sorrisos que presenciei hoje, com os mesmos sorrisos de algumas famílias que desfrutam de uma ceia natalina em paz e com o seu adicto em recuperação.
Eu comparo aqueles sorrisos que presenciei hoje, com os mesmos sorrisos de alguns adictos que estão lá na boca, usando nas quebradas e alegram-se com a nossa chegada, sabendo que vamos tirá-lo dali.
É por isso que eu continuo indo lá...é por isso que eu continuarei fazendo este trabalho. É por isso que todos os anos eu vou lá nos Correios e pego as minhas cartinhas.
Para as famílias que tiveram esse período festivo com seus adictos internados, se tratanto, desejo que a paz esteja presente em vossos lares e que a esperança seja uma constante. Não desanimem e continuem lutando, que o mais será revelado.
Para aquelas famílias que tiveram esse período de festas com seus adictos presos, também desejo que a paz esteja presente em vossos lares e que a esperança vos acompanhe, pois não é fácil visitar reclusos. Continuem lutando, que o mais será revelado.
Para aquelas famílias que perderam seus entes queridos, meus sentimentos. Que o PODER SUPERIOR vos traga o conforto necessário para que possam continuar vivendo em paz.
E para aquelas famílias que estão com seus adictos na ativa, eu desejo que a paz, aquela que excede todo o entendimento (Filipenses 4:7), , esteja presente em vossas vidas. Que no próximo ano, tudo se faça novo. Que seus adictos possam encontrar uma nova maneira de viver, no mundo do espírito e da fé.
Tenham todos uma excelente semana, com muita saúde, muita paz, muita serenidade e sobriedade.
 Abração e TAMUJUNTU.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

NECESSIDADE DE PARTILHA.

Meus queridos companheiros(as), saudações!

Hoje quero tirar um tempinho do meu dia pra partilhar. Necessito partilhar!
Já faz alguns dias que não escrevo nada aqui no blog e isso não me fez bem. Todas as vezes que parava para escrever, aparecia algo para eu fazer. Todas as vezes que adiava qualquer outra tarefa para escrever aqui, aí logo aparecia uma outra coisa que eu não podia adiar...então adiava minha postagem.
Percebi que isso não estava me fazendo nada bem. Todas as vezes que eu conseguia entrar e olhar as postagens de vocês, dava aquela vontade de, pelo menos, deixar um recadinho em seus blog's....mas isso não foi possível....infelizmente, não foi possível.
Mas saibam que eu estava sempre visitando vocês, mesmo que silenciosamente. Mesmo que não como de custume, mas eu entrava nos seus blog's e compartilhava de suas alegrias e suas tristezas.
Eu estou bem. Estou com saúde e estou "LIMPO, SÓ POR HOJE."
Tive uns dias atarefados com minhas atividades, mas hoje parei para deixar aqui pelo menos um recadinho, dizendo que estou bem e com muuuuuuita saudade de vocês.
Vou começar a semana entusiasmado, animado e alegre por ter conseguido um tempinho para mim mesmo e para dividir com vocês, minha felicidade de estar bem.
Uma coisa tão simples para muitos, que é chegar em frente ao computador, abrir o blog e postar. Mas pra mim, ultimamente, isto tem sido tão complicado quanto achar uma nota de R$ 30,00.
Nem vou me alongar muito aqui, pois já recebi aqui uma mensagem de texto no meu celular, de uma esposa que estamos tentando ajudá-la. O esposo dela estava há dias fora de casa, esta noite chegou, fingiu que dormiu e agora ela disse na msg: "Jr, ele chegou esta noite, fez que tava dormindo, fez um raspa em casa e sumiu. Tem como vc dar outra volta atras dele?"
Infelizmente é assim! As drogas não param de tirar o sossego das famílias. Nesta exata hora que vos escrevo, são tantas as famílias que estão passando pela mesma tribulação. São tantas as famílias que acordaram e deram conta de que seus maridos, filhos(as), esposas, netos(as), genros, noras, sobrinhos(as), (seja lá o grau de parentesco) não estava em casa...ou haviam saido pela madrugada, ou mesmo nem vieram dormir em casa.  Além da ausência deles, sentiram falta também de alguns pertences. Coisas que, muitas vezes, nem tem tanto valor comercial, mas tem um valor sentimental imenso, como uma bicicleta velha, ano 1974, que num filho tirou escondido do seu Pai. Tal bicicleta era uma verdadeira relíquea e o Pai guardava na dispensa, pois tinha um apreço enorme pela mema. Entretanto, o filho trocou por uma "pedra" de R$ 10,00.

......

Pessoal!
Começei a escrever este Post ontem, 18/12/2011, por volta de umas 09:40hs. Agora já são 09:51hs de Segunda, 19/12/2011. Como vocês observaram, eu havia dito que teria que Postar logo, pois teria que sair para atender um chamado de uma amiga minha, esposa de um amigo. Pois bem! Fui lá. Conversamos bastante. Dei umas voltas atrás dele, mas sem sucesso. Aliás, o que descobri foram coisas terríveis.
Mas o pior ainda estava por vir. Por volta de umas 17:00hs, recebi um telefonema. A notícia ainda mais triste. Um companheiro nosso, um Jovem de apenas 22 anos de idade, tirou sua própria vida. Era meu afilhado. Uma pessoa de minha amizade como poucos. A família está desesperada. Não é pra menos. Estive lá no velório. A Mãe dele, uma grande amiga de nossa Irmandade, fez questão de solicitar que os companheiros carregar. Solicitou que eu fizesse, juntamente com ela, a Oração da Serenidade. Fizemos pausadamente, a singela Oração. A capela da Igreja estava lotada, pois a missa havia acabado há poucos instantes. Sem falar que é uma família tradicional da Cidade, então, muita gente mesmo. Todos comovidos.
Nossa!   Tô aqui sem os pés no chão. Tô indo agora para Balsas, uma Cidade ao Sul do Maranhão, onde estaremos realizando uma Reunião de Informação ao Público. eu até tentei cancelar a viagem e a Reunião, mas, conversando com a Mãe dele, ela me disse o seguinte: "-Vá lá! Continue nosso trabalho! A nossa luta está apenas começando! -Eu num te disse naquele dia, há anos atrás, que nós tínhamos que fazer alguma coisa??  Então, Júnior, vai lá! Vai lá e faz a tua parte. Não podemos parar!"
Aquelas palavras, ao brilho dos olhos lacrimejantes daquela Mãe, me fez entender que a nossa missão está longe de acabar. Cada qual fazendo a sua parte....sou grato por poder fazer a minha.
Cabe aqui dizer que o brother em questão aparentava estar bem. Esta semana toda estava conosco nas Reuniões. Foi um dos que me acompanhou na minha ida à Cidade de Arame, no inicio deste mês, quando fomos participar da "festinha" de nosso companheiro que havia completado tempo limpo. Ele estava terminando a Faculdade de Direito.
Nossa!!  Sem mais palavras!

TAMUJUNTU.
TAMUJUNNNNTUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

NOVA DROGA............ONDE VAMOS PARAR???

Passei uns dias novamente sem postar. Estava lá na cidade de Arame/MA., onde participei de uma confraternização de um companheiro por tempo de sobriedade (06 meses). Foi uma reunião linda! Aliás, todas as reuniões são lindas, mas esta, especificamente, foi também muuuuuuuito linda! Famílias e mais famílias presentes. Fizeram, na noite anterior, uma "festa" enorme na casa do companheiro que estava completando seu tempo "limpo". Churrasco não faltou. No dia seguinte, um almoço daqueles....comida de todo jeito. Companheiros de várias cidades vizinhas presentes, prestigiando aquele companheiro...ele que está sendo o coordenador do grupo recém formado naquela cidade. Cabe aqui dizer que o Grupo agora que completou 01 mês de formação no dia 23 de Novembro....mas este companheiro havia ingressado numa cidade próxima dali e sentimos a necessidade de abrirmos este grupo para que outras pessoas da cidade em que ele reside, também possa desfrutar desta recuperação.

Assim está acontecendo! As reuniões estão cada vez melhores. O grupo está de "casa cheia". Sabemos que isso é meio complicado, pois nada garante que amanhã ou depois o grupo estará de portas abertas...entretanto, sabemos que nem todo começo é fácil, e como estamos acompanhando o grupo recém formado, acreditamos que os frutos estão apenas começando.
Ficamos sabendo, inclusive, que o Exmo. Juíz de Direito da cidade já está encaminhando pessoas para o grupo, solicitando relatório de frequência dele às reuniões. Isso nos surpreende, pois sabemos que os beneficiados pela Justiça só custumam chegar aos nossos grupos, quando os mesmos já estão sendo reconhecido como métodos eficazes de recuperação naquela cidade. Podemos dizer que o digníssimo Magistrado é conhecedor de nossa Irmandade e reconhece o crédito que a mesma tem...ficamos gratos e vamos estreitar ainda mais nosso relacionamento com ele.

Agora, infelizmente, tenho aqui uma triste notícia. Estava olhando um blog que sou seguidor http://saudementalemimperatriz.blogspot.com/ e acabei encontrando a postagem abaixo, a qual eu faço questão de postar aqui no meu blog.
Não vou dizer mais nada, pois o texto fala por sí só.

Abração a todos e TAMUJUNTU...
  


 

KROKODIL DEVASTA VIDAS NA RÚSSIA

  
Uma droga barata, que está sendo  consumida por um número cada vez maior de pessoas e tem efeitos colaterais bizarros. Essa é a krokodil (que em russo significa crocodilo), uma alternativa ao uso da heroína que está fazendo vítimas por toda a Rússia.




O krokodil é feito a partir da codeína, um analgésico opióide que pode ser comprado em qualquer farmácia russa sem receita médica, assim como acontece com analgésicos mais fracos no Brasil. A pessoa sintetiza a droga em uma cozinha usando produtos como gasolina, solvente, ácido hidroclorídrico, iodo e fósforo vermelho, que é obtido de caixas de fósforo comuns, além dos comprimidos de codeína.
Logicamente nenhum destes ingredientes é ideal e o produto final não é nem um pouco puro, mas o resultado para o usuário é satisfatório. A consequência de se colocar tantos produtos químicos na veia é a irritação da pele, que com pouco tempo passa a ter uma aparência escamosa. A área onde o krokodil é injetado começa a gangrenar, depois a pele começa a cair até expor os músculos e ossos.






Casos de viciados precisando de amputação ou da limpeza de grandes áreas apodrecidas em seus corpos são cada vez mais comuns em salas de emergência dos hospitais daquele país. A dificuldade em se combater o uso desta droga está na pouca ajuda que o governo dá a centros de reabilitação e na grande facilidade na produção, afinal basta uma cozinha e o conhecimento de como se “cozinhar” o produto. Largar o krokodil pode ser uma tarefa extremamente difícil. A desintoxicação é muito lenta e o usuário sente náuseas e dores por até um mês, sendo que conseguir uma nova dose é muito fácil. Sequelas físicas e mentais do uso contínuo do krokodil podem ficar para sempre.



O krokodil pode acabar matando o usuário recorrente em mais ou menos 2 anos e são raros os casos de pessoas que se livraram do vício. A migração deles de uma droga para outra é explicada pelo valor da dose. Cada uso de heroína pode custar na Rússia 150 Dólares (270 Reais), já o krokodil custa em média 8 Dólares (aproximadamente 14 Reais). Um problema na alternativa mais barata é a duração dos efeitos, que são muito menores.
Outros países onde a codeína é vendida sem receita são o Canadá, Israel, Austrália, França e Japão. Neles existe um grande risco do krokodil se tornar uma epidemia como a que atinge atualmente a Rússia. Abaixo você verá dois vídeos mostrando os resultados nefastos do uso desta droga.
A boa notícia é que mesmo com toda a globalização, inclusive no que diz respeito as drogas, dificilmente essa droga ser tornará comum em nosso País.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

SEM TÍTULO

Olá, pessoal!
Espero encontrar todos desfrutando de saúde e paz, juntamente com todos os que lhe são caro.
Estou há uns dias sem postar....pra variar, né??
Sinto falta de partilhar....aliás, sinto necessidade! Ainda bem que tenho feito isso nos Grupos por onde ando.
Hoje decidi intitular este post de "Sem Título"....são tantas coisas que pretendia falar...são tantas coisas que me aconteceram durante estes dias que estive ausente aqui no Blog...são tantas coisas que eu gostaria de partilhar aqui. Mas, infelizmente, existem algumas delas que não poderei partilhar....Infelizmente.
Então, resolvi colocar "Sem Título", pois entendo que não encontrei palavras para tal.

Mas quero iniciar dizendo que estou bem. Que apesar das tribulações que venho enfrentando, estou Limpo, Só Por Hoje!    E isso é o mais importante pra mim.    Sem minha recuperação em primeiro lugar, nada mais posso ter!

Estive viajando muito estes dias. Por onde passei, presenciei cenas que preferiria não ter presenciado. Vivi situações que gostaria que não tivesse vivido. Mas eu estava lá....presenciei...vivi...passei os momentos que tinha que passar. Algumas coisas mexeram comigo...mexeram mesmo. Tipo, uma criança de 13 anos que suicidou-se. Ele era usuário de drogas. O Pai foi buscá-lo em outro Estado, onde ele estava morando, e trouxe para morar no sertão, na roça. Logicamente que ele não queria ficar ali. Ele queria era a vida de "curtição" que levava na capital. Mas o Pai o obrigava a ficar ali. Ele revoltou-se e acabou tirando a própria vida com a espingarda do Pai.
São coisas que a gente nem tem como explicar. Cenas que a gente nunca mais vai esquecer. Aquela família chorando, desesperada, culpando-se por algo que não têem culpa. Ninguém consegue imaginar que teremos um familiar que vai envolver-se com drogas....nem muito menos quando alguém vai de fato tirar a própria vida.

Numa outra cidade, vi uma briga entre dois amigos. São cumpadre, além de amigos e vizinhos. Anos e mais anos de convivência. Estavam até bebendo em comemoração de algo em comum. Mas a droga (álcool) estava presente. E após os dois estarem embriagados, começaram a brincar um com o outro de falar da mulher.....(olhem só o tipo de brincadeira de bêbado.....só mesmo bêbados tem essas brincadeiras, de falar da mulher do outro, na frente do outro.   Vocês já sabem no que isso dá, né mesmo?)
Pois foi justamente no que deu!  Muita pancadaria. Sangue. Hospital. Contendas. Desavenças. Famílias desunidas, intrigadas. Quase que terminava em morte, pois ambos saíram bastante  feridos pro hospital.
Agora imaginem como ficam as esposas! Elas, que são amigas, muito amigas, agora estão com mais um problema....como se já fosse pouco ter o problema do marido alcoolista, ainda vão ter que lidar com essa indiferença e discórdia entre os esposos.   Imaginem como ficam os filhos!!  Crescem com aquela rincha de famílias, pois os pais são inimigos.
Se bem que muitas vezes, com poucos dias, a amizade volta ao "normal", pois eles percebem que foi tudo culpa da bebida. Entretanto, no Nordeste o povo é meio "caba da peste" e as coisas nem sempre voltam ao normal. Ao contrário, cria-se uma inimizade terrível. E pelo que eu vi lá, o negócio parece que vai ter esse rumo, pois os irmãos de um deles já queriam "comprar" a briga. É assim que começa as guerras entre famílias aqui no Nordeste.

Quando eu estava chegando na cidade onde estou, recebo a notícia de que haviam acabado de matar um amigo meu. Um ex-interno do Centro de Recuperação onde eu estive acolhendo ele por uns meses. Ele saiu bem, mas havia retornado ao "Submundo do Sistema". Infelizmente, o caminho é esse mesmo: cadeia, instituição ou morte.

Também soube que mataram outros dois amigos, que tiveram a oportunidade de ouvir falar de NA. Um deles, inclusive, eu levei ao Grupo. Infelizmente ele sempre me dizia que não dava pra ele, porque lá no Grupo a gente sempre falava as mesmas coisas e ele achava aquilo repetitivo. Lembrei-me da história da vaquinha....rsrsrs    Acho que todos aqui conhecem essa história.

Fiquei sabendo também do falecimento de uma cidadão bastante conhecido na cidade. Ele era morador de rua. Era conhecido como João "sozinho". Por aí vocês tiram a vida dele. Ele morreu estes dias, vítima do alcoolismo.

Quando chego em casa, meu tel toca. Era um amigo dizendo que haviam roubado o notebook da cunhada dele. Me disse o local e as características do "elemento". Pelas informações, me veio em mente umas "peças raras" que conheço. Fui tentar recuperar o objeto. Começei a conversar com uns e outros. Fui na "casa" de um brother, onde funciona uma espécie de cracolândia. O local já tá tão visado e sujo (literalmente falando), que dá até medo de aproximar-se. Chegando lá, me deparo com uma cena muito louca. Me fez lembrar daquela trilogia "SEXO, DROGAS E ROCK N' ROLL". Era uma galera se drogando e transando...uns com cachimbo na mão; umas minas com "boca no cachimbo"; outros com um prato, cheirando "pó"; outros "bolando um"; o chão repleto de latas, cachimbos, roupas; várias garrafas de bebidas vazias espalhadas pela casa; resto de comida pelo chão; as cinzas de cigarro eram mais importantes do que o tira-gosto, pois o pouco de tira-gosto que tinha, ninguém dava importância...ficava espalhado pelo chão da casa.....mas as cinzas de cigarro, era cuidadosamente recolhida, pois sem ela, dificulta o uso no cachimbo.

No barraco, era mulheres nuas; homens nus; sexo totalmente desprovido de preservativos; orgias e mais orgias; num dá nem pra contar aqui o que tava rolando lá, mas já dá pra vocês ter noção; um verdadeiro inferno; outros dormindo no chão....quer dizer, dormindo, não....bêbado não dorme....bêbado desmaia...cai no chão.

Lá na casa não tem nada...não tem cama, nem mesa, não tem nem mesmo cômodos....é só um vão....até o banheiro não tem paredes.  A casa é um barraco velho de madeira, que está quase caindo. Tá só escorado por uns pedaços de pau.   (Estes dias eu vou lá fazer um documentário para uma apresentação e vou bater umas fotos e colocarei aqui para que vocês tenham uma noção de como está lá o local onde eles chamam de "arapuca".)

Com poucos instantes que fiquei ali dentro, o cheiro da substância me deu aquele velho nó no estômago. Quem já usou, sabe do que estou falando. Deu logo aquela velha vontade de dar uma "barrigada". Meu sinal de alerta já ficou vermelho. Acendeu logo a luz de "PARE!!". Eu tenho um "piloto automático" que está sempre funcionando bem, graças a manutenção diária que dou, frequentando Grupos de mútua-ajuda, trabalhando os Doze Passos e levando a mensagem à outros que sofrem de adicção.

Naquele momento, percebi que poderia estar no local errado, na hora errada, com as pessoas erradas. Entendi que o resultado só poderia dar errado. E como hoje, só por hoje, eu não sou mais tão errado assim, resolvi me despedir e, contrariando a vontade de minha doença, que me chamava para participar daquela brincadeira, resolvi sair dali o mais rápido possível. Afinal, meu pai sempre me dizia que o fogo perto da pólvora, a tendência é explodir.

Ao sair, agradeci ao PODER SUPERIOR por mais uma vez ter me livrado das tentações.

Resolvi, então, ir buscar um visitante que havia prometido levá-lo ao Grupo. Chegando no Grupo, finalmente alegrias. Três visitantes. Reunião belíssima. É maravilhoso rever companheiros(as) que há dias não encontrava. Me emocionei quando escutei numa partilha, um companheiro me agradecendo por eu ter levado a Sogra dele para a Casa de Recuperação que faço parte da equipe técnica. Ela acabara de receber licença pra a visita em casa e ele comentara sobre a alegria que a família toda está com a recuperação daquela Sra. Fez comentários de que antigamente ninguém queria nem saber dela e hoje estão disputando entre eles para saber onde ela vai almoçar no dia da visita. Todos a querem em suas casas.

Confesso que me emocionei. Lembrei-me do dia em que fui buscá-la na Clínica Psiquiátrica para levá-la pra nossa Casa. O estado se saúde mental dela realmente era desesperador. Por alguns instantes, eu até pensei que ela não fosse demorar muito ali conosco, pois internações voluntárias nem sempre são terminadas seu tempo sugerido. Mas, para minha alegria e alegria da família, ela continua firme, totalmente mudada, com outro aspecto, outra vida.

O visitante que eu levei naquele dia, hoje é membro de nossas Irmandades de A.A. e NA. Está frequentando as Reuniões. Hoje mesmo ele estava no Grupo. A família dele está super alegre. Estou certo de que será mais um membro servidor, pois na última Reunião ele já estava colocando as cadeiras no lugar, ao término da Reunião...rsrsr

Bom.....são tantas coisas que me aconteceram nestes útlimos dias. Infelizmente não tenho como colocar todas aqui. Bem que eu gostaria. Entretanto, algumas delas são impactantes demais. Outras sigilosas. Outras indescritíveis. Assim sendo, eu agradeço o carinho de todos vocês que estão sempre deixando postagens aqui. Suas palavras me reforçam bastante. Espero que não deixem de me visitar aqui. Preciso muito destas experiências.

Eu, sempre que posso, estou entrando nos blog's de vocês. Peço-lhes desculpas por não tá deixando recados estes dias, mas acontece que eu tive pouco contato com sites de relacionamentos, pois, pra cobrir minha carga horária que tenho que cumprir, tive que me desdobrar bastante, pois estou sempre de doando aos serviços voluntários de minhas Irmandades que são meu alicerce de vida e, por isso, tenho que compensar as horas. Mas vocês estão sempre em meus pensamentos e em meu coração.

Ficarei com estas poucas palavras. Quer dizer, poucas em relação ao montão de coisas que tenho pra contar, mas sei que já falei "escrevi" até demais, pois pra quem lê, isso já é um abuso de tempo.....kkkkkkk

Amanhã estarei indo novamente ao Grupo lá de Arame/MA. Neste final de semana, um companheiro completará seus 06 meses conosco. Vai fazer uma festinha e eu quero está lá prestigiando aquele companheiro. Eu preciso tá nesse meio. Preciso continuar voltando. Preciso partilhar minha sobriedade, para poder mantê-la. Caso contrário, poderei voltar lá na "arapuca".....mas não pra tentar resgatar mais um e sim para fazer parte das insanidades. Preciso continuar trabalhando meu dia Limpo, Só Por Hoje, porque senão, eu posso voltar a brigar com meus conhecidos, só por causa de uma dose de pinga ou de pico. (Lembrei-me agora das brigas corporais que travei com meu (falecido) Pai. Chegamos a tirar sangue um do outro. Certa vez, dei-lhe um chute que ele caiu e bateu com a cabeça na quina da parede e abriu um corte imenso, sendo necessário vários pontos. E eu carrego na barriga uma imensa cicatriz que ele fez em mim. Não vou nem falar de outras insanidades minhas, como a vez que atirei contra ele...).

Eu tenho que continuar com meu propósito de permanecer Limpo, Só Por Hoje, caso contrário, eu posso voltar para morar nas ruas, assim como morei uns dias e, quem sabe, não terei a mesma oportunidade que tive e estou tendo de me recuperar. Posso ser mais uma vítima, como o Marlon, o João "sozinho", o "Popó"...

Reconheço que não sou melhor que eles em nada. Corro o mesmo risco de vir a falecer por causa de drogas. São tantas pessoas que estas horas, enquanto vos escrevo, estão aí dirigindo alcoolizados, totalmente "chapado", causando vítimas e mais vítimas.

São tantas pessoas aí neste momento, que estão fazendo seus "corres" pra conseguir uma grana pra usar. (Principalmente nesta época de Natal). E nesses movimentos, eles são capazes de fazer tantas insanidades que vocês nem imaginam! Podem até mesmo tirar uma vida...e pode até mesmo ser a minha.

Por isso eu digo que não sou melhor que eles em nada. Já tive meu passado negro. Já vivi minhas insanidades. Já paguei pela minha adicção. Hoje o que me faz diferente deles é que HOJE, SÓ POR HOJE, eu não usei drogas. E faço tudo para que, se for mesmo a minha sina de morrer vítima das drogas, que seja por consequências de insanidades de outros usuários....não mais pelo meu uso.

 Hoje eu tenho certeza do que quero. Hoje eu tenho condições de fazer minhas escolhas. Hoje, Só Por Hoje, o que eu quero é continuar limpo. Hoje, Só Por Hoje, minha escolha é continuar em Recuperação, um dia de cada vez, pois sei que assim funciona!

Dezembro já chegou.....vamos atentar para os velhos convites de festas, para usar drogas que são servidas livremente. Refiro-me as bebidas alcoólicas que são servidas em casa, nas festas Natalinas.

Abração a todos!
Tenham um excelente final de semana!
TAMUJUNTU.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

SAUDADES DE VOCÊS!!!

Olá, pessoal!!
Tudo bem??
Após uns dias sem postar nada, estou aqui novamente para dizer que estou bem, estou "limpo, só por hoje" e que a saudade de vocês é imensa!
Estava fazendo uns trabalhos lá na Cidade que já falei algumas vezes aqui no blog. De fato, é complicado estas minhas idas até lá. Tenho me desdobrado muuuuuuito para que as atividades não parem. A distância e as outras minhas atividades profissionais me comprometem, dificultando um pouco a realização destas minhas visitas periódicas ao Grupo recém formado.
Entretanto, tem surtido resultados esperados e desejados!
Ontem, por exemplo, fui o 17º aniversário de um Grupo na cidade de Imperatirz/MA. Eu estava lá e ainda consegui levar uma caravana do recém formado Grupo da Cidade de Arame/MA.
Eles foram tão bem recebidos pelos companheiros, que até eu me emocionei.
Certamente a impressão que eles vão levar para o Grupo deles são as melhores, pois até então o que eles conhecem são apenas aquelas reuniões em seu Grupo base. E nós sabemos que a Irmandade vai muuuuito, mas muuuuuuuuuuuuuuuito além mesmo daquelas duas horas de reunião.
Amanhã eu já estou indo pra lá novamente. Precisamos fazer o balancete do primeiro mês do Grupo para repassar para o comitê de área. Vamos repasar quantos ingressos houve.....quantas presenças, etc.
Quando eu digo que tem surtido resultados esperados e desejados, é porque estamos vendo os companheiros(as) que ingressaram continuarem voltando. Tenho visto a sala cheia. Temos visto os companheiros(as) partilhando sua alegria por mais um dia limpo. sóbrio, só por hoje.
Tenho escutado os familiares dizerem: "Nossa!!    Lá em casa tá outro clima, com ele sem beber!"
Isso nos alegra bastante. Sabemos que ainda é cedo para colher os resultados esperados e desejados, mas eles já estão começando a aparecer. Digo que ainda é cedo para colher os resultados esperados e desejados, pois o que esperamos e desejamos é uma sobriedade contínua, e não apenas 30 dias limpos, como os que estão completando agora no dia 23/12/2011.
O Programa de Recuperação sugerido é para que possamos viver sem usar substâncias (drogas). O "tampar a garrafa" é apenas o primeiro passo em busca de um crescimento espiritual. Sabemos que pouca coisa adivir sem que consigamos permanecer sóbrio. Porém, temos muito mais o que fazer do que simplesmente não usar. As famílias ainda poderão desfrutar de muito mais alegrias, caso os DOZE PASSOS sejam praticados por cada um dos membros.
Ai, sim, a verdadeira alegria tomará conta do lar. Aí, sim, a SOBRIEDADE será almejada.
Eu, particularmente, ando longe da perfeição....sei que isso não é possível, pois sou humano, falho, cheio de defeitos e imperfeições. Entretanto, ando correndo atras de um aperfeiçoamento, tentando praticar "estes princípios em todas as minhas atividades", pois sei que só assim, posso estar mais seguro contra uma possível recaída ao uso da primeira dose.
Digo ao uso da primeira dose, pois sei que estou sempre recaindo....aliás, estou recaido constantemente, pois a recaída não começa no primeiro gole (ou dose)...ela termina com esta dose.
Na real, na real, a recaida começa espiritualmente, depois vai psicologicamente, aí recaimos emocionalmente...até que chegamos a recaida física, que é com o uso.
Só por hoje, eu estou bem...estou tentando permanecer ativo em minha Recuperação...estou tentando compartilhar minha sobriedade com quem busca Recuperação.
Só por hoje, estou grato por meu dia limpo. Só por hoje, estou fazendo por minha Recuperação o que somente eu posso fazer! Sei que o que faço por meu dia limpo hoje, não garante o meu dia limpo amanhã...por isso, só por hoje, estou limpo e, haja o que houver, eu não vou usar.
Estendo um forte abraço aos amigos(as) que sempre estão me mandando email's. Abração às minhas amigas que sempre estão aqui no meu blog, me apoiando e me dando forças. Sou fã de todas vocês! Suas experiências me ajudam bastante! Estou sempre visitanto cada blog e, quando não deixo um recadinho, fico me corroendo por dentro, pois não gosto de "sumir" assim como estou ultimamente.
Não justifico dizendo que não tenho tempo, pois sei perfeitamente que meu dia sempre teve as mesmas 24hs....nunca tive um dia com mais de 24hs para poder fazer nada extra. Porém, é que não administrei corretamente meus horários estes dias e também não estava na cidade, e onde eu estava a NET é muuuuuuuuito, mas muuuuuuuuuuuuuuuuito lenta mesmo. Aí quando eu entrava, só dava mesmo para acessar meus email's de trabalho e apenas visualizava cada blog.
Tenham todos uma excelente semana!
Abração à todos e TAMUJUNTU.