Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

"Você sabe o meu nome... NÃO A MINHA HISTÓRIA!!!! E ainda acha que me conhece??!?!?!"

 "PROMOÇÃO DO DIA: Pague minhas contas, Assuma meus problemas e ganhe TOTALMENTE GRATIS o DIREITO a criticar minhas escolhas e falar da MINHA VIDA."
 
 
Que bom seria que cada um só se preocupasse com o próximo se fosse no sentido de ajudar!
Que maravilha seria se cada um só se preocupasse com o próximo se fosse para proporcioná-lo bons momentos!
Que ótimo seria se as pessoas só se preocupassem com a vida alheia se fosse no sentido promover ações que pudessem solucionar problemas e não no sentido de criticar, descriminar, etc e tal.
 
Infelizmente não é esta a realidade!
 
Muitas vezes nos pegamos falando da vida alheia, aproveitando qualquer oportunidade de um fracasso ou insucesso, para querer rebaixar a situação vivida por nosso semelhante, como se fóssemos imunes a tais eventualidades.
 
Isso é bastante comum quando se trata de Dependência Química!
 
Quando é na família de nosso vizinho, muitas vezes queremos dizer que o "elemento" tá nessa por falta de vergonha na cara, ou por falta de educação, ou mesmo por falta de "taca", "pisa", castigo, etc...   Mas quando o caso é na nossa família, aí o negócio é diferente!  Enquanto na família alheia chamamos o "elemento" de viciado, alcoólatra, pé inchado, barriga d'água, etc, (tudo que é pejorativo), já o nosso familiar chamamos de dependente químíco, adicto, etc. Quando é na nossa família, temos mais facilidade de entendermos e aceitarmos que o tal "elemento" é mesmo um doente e não um sem vergonha!
Se bem que ainda temos muitas famílias que tratam seus parentes com dependência química com indiferença. Não conseguem aceitar que ele é um doente e que precisa de ajuda. E para que possa ser ajudado, a família tem que saber como fazer. Primeiramente a família tem que entender que realmente se trata de uma doença.
 
É muito fácil falar de mim..difícil é ser eu!
 
Mas sabe de uma coisa: eu não quero me importar com o que os outros se importam comigo!
 
Como dizia Bob Marley: "Eu olho para dentro de mim, e não me importo com o que as pessoas fazem ou dizem. Eu me preocupo só com as coisas certas." 
"Não me importo se vai haver o amanhã. Pois me deram uma vida, não uma eternidade".
 
Na real, na real, os que falam mal de mim, são os que não tem assunto pra falar.
 
"Você sabe o meu nome... NÃO A MINHA HISTÓRIA!!!!  E ainda acha que me conhece??!?!?!"
 
"Não sou esse que você vê... Sou o lado de dentro...esse lado ninguém me tira, esse lado olho algum vê, exceto os do Pai... "
 
"Nada mais sou que o reflexo das minhas atitudes, o fogo das minhas paixões, a esperança dos meus desejos, a determinação das minhas buscas, a espera das minhas angustias, as lagrimas dos meus sofrimentos, a construção dos meus sonhos, o carinho da minha família, a vitória das minhas conquistas, o orgulho de ter chegado onde cheguei e a satisfação de ser quem eu sou." (Autor Desconhecido)
 
 
Virar a pagina do livro, às vezes é melhor do que fechá-lo e começar a ler outro, pois assim só estaríamos tentando fugir de nossos problemas, e mesmo se até agora o livro esteja em um ritmo triste, nunca se sabe o que vai acontecer até o final dele.
                                                             Tales Joabe

 
A FELICIDADE é um estado de Espírito e não de momento, razão ou circusntâncias!

E eu sou feliz!
Sou feliz por estar em recuperação e por hoje, SÓ POR HOJE, não ter usado drogas!
Só por hoje, não me preocupei com os outros, no sentido de não fazer nada, mas só por hoje, me preocupei com meu semelhante, que está precisando de ajuda e vou fazer minha parte, tentando doar-me para que eu possa ser útil.
Só por hoje, irei ao meu Grupo, irei partilhar meu dia Limpo e tentarei apadrinhar quem necessite!
Só por hoje serei grato ao meu PODER SUPERIOR e demonstrarei minha gratidão com responsabilidade.
SÓ POR HOJE- FUNCIONA!
Abração e TAMUJUNTU.

7 comentários:

  1. Júnior, meu amigo, não é por nada não mas essa foi uma das melhores postagens..rs A forma como vc abordou o tema foi fantástica, infelizmente é exatamente dessa forma que acontece, e a falta de informação contribui mais ainda para que o preconceito se instale...
    Adorei! Adorei tb a promoção de HJ!!!rs
    Abraços, tamujuntu sim!

    ResponderExcluir
  2. Adoreiiii, concordo com a Giu!Foi uma das melhores postagens, peguei uma frase pra por no meu msn:
    "PROMOÇÃO DO DIA: Pague minhas contas, Assuma meus problemas e ganhe TOTALMENTE GRATIS o DIREITO a criticar minhas escolhas e falar da MINHA VIDA."

    Beijos amigo! tamo junto!

    ResponderExcluir
  3. rsrsrs

    Valeu, AMIGAS!
    Sinceramente, eu não sabia que tinha sido tão boa assim esta postagem! rsrs

    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  4. Nossa muito bom, muitas pessoas só sabem criticar, mas eles não sabem oq a gente passa, os nossos sentimentos, la no nosso interior só Ele, só Deus para saber, só por hoje não me importo com oq dizem, ou falam! Adorei o post amigo.
    Grande abraçoo
    Tamojuntoooooo

    ResponderExcluir
  5. Adorei.... O triste é que as pessoas só aprender a cuidar da propria vida quando passam a ser "a casa do vizinho"...

    ResponderExcluir
  6. Pode crê, amigas!
    A gente só sabe onde o sapato tá apertando quando somos nós quem o calçamos.
    Infelizmente ainda existem milhares e milhares de pessoas que vivem só de si importarem com a vida alheia.
    Abração, amigas.
    TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  7. É verdade quantas vezes eu aqui sorri de bêbados e de drogados,até ter a noção de que na minha família havia esse problema,como somos egoístas até que não seja conosco tudo é tão fácil de ser resolvido.Mas quando é dentro de casa tudo muda de figura,tudo se transforma,ou somos nós que nos transformamos?Sei lá fiquei pensativa com esse seu texto maravilhoso!
    Beijão meu amigo!

    ResponderExcluir