Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

quarta-feira, 20 de julho de 2011

QUE BOM! MEU AFILHADO REAPARECEU!

Hoje, dia 20 de Julho de 2011, acordei com uma ótima notícia!
Era o Pastor Raimundo me ligando, dizendo que tinha uma pessoa querendo falar comigo. Daí passou o telefone para o meu querido brother Diogo, que é meu "afilhado", que tirei das ruas, coloquei no CETE -CENTRO TERAPÊUTICO ESPERANÇA, onde ele permaneceu conosco por um período de quase seis meses, e abandonou, repentinamente, nosso convívio.
Noooossa! Vocês não imaginam a alegria que senti e estou sentindo no momento.
Ele disse que havia ido visitar a família dele, que mora numa cidade distante uns 400km. Disse ainda que soube notícias que o Pai dele etá morando num sítio, distante da Cidade dele, mas que etá tudo bem por lá. Disse também que encontrou uma mulher que quer morar com ele, que pretende ajudá-lo nesta luta e pediu para que eu permita ele voltar para o nosso Centro Terapêutico.
Fiquei tão empolgado com a surpresa que faltou as palavras na hora.
O Diogo tem um histórico de vida bem parecido com o meu. Nos identificamos bastante durante o tempo em que passamos juntos. Nosso primeiro contato foi bem casualmente, quando eu chegava na rodoviária de Imperatriz/MA, onde eu estava tirando minha passagem para ir pra Salvador/BA, ser padrinho de casamento de meu irmão. Isso foi em Janeiro deste ano.
Quando me aproximei do Diogo, ele estava sentado no chão da rodoviária, cantando um RAP e fazendo um trampo artezanal...um barco de madeira, com palitos de picolé. Aí eu vi aquela cena e me aproximei. Começei a puxar conversa com ele que logo foi respondendo, mesmo que timidamente. Aí eu perguntei quanto custava aquele trampo e ele disse: "depende pra quem eu vou vender, tá ligado?".
Eu perguntei qual era a tranca que ele tinha aprendido a fazer esses trampos e ele sorriu e disse que num tinha sido em tranca não....aí eu virei pra ele e disse; "aê, maluco! é o seguinte, véi....eu tõ ligado que isso é trampo de tranca, tá ligado? eu também passei por lá, faz fé? eu tô aqui falando de uma parada que eu saco, mano! agora diz aí onde fio a tranca que tu tirou, cumpade!".
Ele olhou fixo nos meus olhos...depois deu uma olhada em mim de cima pra baixo....me viu eu todo vestido, arrumado....aí perguntou: "tu tirou tranca?!?!!? onde tu tirou?".
Eu simplesmente respondi: "Ah, brother! Minha história é longa, tá ligado? Mas tirei uma tranca doida que pesou...essa foi lá em Recife/PE..conheçe?".
Ele disse: "tô ligado".
Dali pra frente, abriu um sorriso e iniciamos um diálogo em outro nível de amizade, bem mais íntima e sem restrição. Convidei ele a ir para o Centro, pois ele iria ter comida, durmida e possibilidade de se recuperar. Já havia contado parte de minha história pra ele e isso fez com que ele aceitasse ajuda. Imediatamente voltei com ele para o CETE, onde ele ficou até poucos dias atrás.
Logo em seguida que eu deixei ele no CETE, viajei pra Bahia, onde passei uma temporada por lá, mas sempre mantendo contato com a Instituição de onde faço parte da Equipe Técnica. Eu e o Diogo nos tornamos grandes amigos. Cabe aqui dizer que tenho uma amizade saudável com todos os que estão e/ou passaram por nossa casa. Mas o Diogo é especial, não desmerecendo os demais.
Quando recebi a notícia de que ele havia saído da Comunidade, sem terminar o tempo, fiquei tão triste, mas tão triste, que bateu uma depressão enorme. Quase corro doido atrás dele.
Hoje, quando escutei a voz dele dizendo que estava de volta, me deu uma alegria enorme.
Estou aqui felissíssimo da vida! Já saí do meu serviço e fui logo lá encontrar com ele. Nossa Instituição está passando por um momento não muito bom, devido a uma troca de direção, mas sei que as coisas irão se reestabelecer. Independente disto, já providenciamos uma casa, onde colocamos uns brother's, para que eles saiam da situação de risco.
Ontem, (19/07/2011), a Rede Globo apresentou uma reportagem sobre Dependência Química, no Programa Profissão Repórter. Eu até que havia me programado para assistir. Mas, ao sair do Grupo de Narcóticos Anônimos, fui conversar com uma companheira e ficamos até tarde partilhando sobre umas paradas. Quando eu voltava pra casa, recebi um telefonema de uma outra amiga, onde ficamos longas horas conversando. Daí ela disse assim: "tá passando uma matéria sobre drogas na adolescência". Aí eu disse: "é....eu tô ligado!" Aí ela disse: "pô! e eu aqui te atrapalhando, né?". Finalizei: "negativo, amiga! tudo o que vai passar na tv, eu já conheço na vida real".
Mas é verdade mesmo! Tudo o que passou na reportagem, eu conheço bem....conheço não por ter tirado de um livro ou mesmo por ter assistido alguma matéria semelhante. Eu conheço por ter vivido aquela experiência na pele. Conheço por ter passado por aquela vida de drogadicção em minha infãncia, minha juventude, minha vida toda. Conheço a história real de um adicto na ativa, porque eu fui um.....eu vivi nas drogas, nas ruas, na criminalidade, na insanidade de uma periculosidade. O que mostra nestas reportagens sobre Drogas e violência, é apenas uma parte (uma pequena parte), de tudo o que realmente aconteçe no submundo do sistema. Quando é feito a reportagem, por mais que mostre ali algum flagrante, ainda assim é nada em si comparado com a realidade encoberta do submundo do sistema. E esta realidade eu conheço...aliás, eu fiz parte dela....eu fui a realidade do submundo do sistema.
Hoje estou fazendo parte de uma outra realidade...uma realidade que pode-se considerar um MILAGRE. Uma realidade que faz toda uma diferença pra quem busca uma saída do fundo do poço. Hoje eu sou um MILAGRE!
Hoje estou feliz por mais um dia Limpo que meu PODER SUPERIOR me permitiu!
Hoje estou feliz por ter recebido notícias do meu querido amigo Diogo!
Hoje estou feliz por ter visto nos olhos dele e de todos os que estão conosco lá no CETE, o brilho que simboliza uma esperança para uma liberdade da adicção ativa.
Hoje estou feliz por ter a oportunidade de estar aqui partilhando mais uma doce conquista, mais uma Dádiva do meu PODER SUPERIOR, que é ter uma vida em RECUPERAÇÃO.
Só Por Hoje, terei um compromisso de dedicar a minha recuperação, o mesmo entusiasmo que eu custumava dedicar para conseguir minha droga de preferência.
Só Por Hoje, vou continuar participando ativamente da Recuperação de meu próximo, pois não há nada mais gratificante e seguro contra uma possível recaída minha, do que levar minha experiência à outros adictos.
Só Por Hoje, farei com que meu dia seja produtivo; tentarei evitar pessoas, hábitos e lugares da ativa; terei boa vontade,honestidade e mente aberta.
Sei que o que faço pelo meu dia Limpo Hoje, não garante o meu dia Limpo amanhã.
Por isso, SÓ POR HOJE, FUNCIONA!
Só Por Hoje, estou Limpo!
Abração e TAMUJUNTU.

Um comentário:

  1. Que massa essa narrativa do encontro com seu afilhado,quão bom ter essa serenidade e esse manejo de falar com alguém que nesse momento está tão vunerável,que DEUS continue te abençoando para que possas ajudar mais pessoas..
    TAMUJUNTUS!

    ResponderExcluir