Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O ATO DE AJUDAR.

Olá, pessoal!
Espero estar encontrando todos na Paz e desfrutando de muita saúde, serenidade e sobriedade.



Recentemente, conversando com uns familiares, abordamos um tópico dentre o tema dependência química, onde falávamos sobre a questão de continuar ou não ajudando o adicto, mesmo sem ele demonstrar (para família) querer ajuda, entretanto, afirmando querer ser ajudado.

Tipo assim... Ele diz que quer ser ajudado, mas não demonstra querer. Isso, para a família, é desgastante e algumas o deixam de mão, achando que ele realmente não quer nada com nada, apesar de que em alguns casos ele quer, mas não consegue fazer com que a família acredite.

Ajudar, seja lá quem quer que seja, é algo que não deveria, jamais, ser colocado em questão se a pessoa quer ou não ser ajudado. Fazemos a nossa parte e deixamos que a pessoa aceite ou não a nossa ajuda.



Logicamente que em si tratando de DQ, sabemos que não adianta muito se o adicto não quiser ser ajudado, porém, deixar de ajudar, é algo que não é bom para nós mesmos, e não somente para o adicto ou para qualquer outra pessoa que necessite de qualquer tipo de ajuda.

Outro dia, conversando com outra familiar, fiz a seguinte colocação, também abordando o mesmo assunto:

“Olha....vou falar aqui não como um adicto que sou, mas como um ser humano que sou. Não como um evangelizador, mas como um mensageiro.

Você comentou que gostaria de ter pelo menos uma garantia de que valeria a pena, num foi?
Pois bem. Vamos considerando do princípio, tá?

É do seu conhecimento de que DQ é uma doença, certo? É do seu conhecimento de que seu esposo está doente, certo? Então, ajudá-lo, apoiá-lo, estar disposta a ser útil ao próximo é um dom que poucas pessoas têm, sabia? Muitas vezes a gente só olha o lado da codependência, em si, mas esquecemos de que, de certa forma, quando vivemos em função de ajudar o próximo, estamos sendo útil em nossa missão aqui na terra.

Logicamente que a codependência nos tira esse direito, pois ficamos 'não vivendo' ajudando ao próximo, mas sim sendo vítimas do próximo. Porém, se estamos nos doando para ajudar na melhora do estado de saúde de alguém, estamos cumprindo o que O PODER SUPERIOR nos pede. O ajudar ao próximo deve ser uma qualidade do Servo.


'Quem despreza ao seu próprio próximo está pecando, mas feliz é aquele que mostra favor aos atribulados.' - Provérbios 14:21

Isso, por si só, já valerá a pena, minha amiga!
Existe uma passagem na Bíblia, Mt 25.37-40, que diz o seguinte:  

'Então, perguntarão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.'

Como devemos tratar o nosso próximo? A Bíblia diz em Lucas 10:27-28 'Respondeu-lhe ele: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo. Tornou-lhe Jesus: Respondeste bem; faze isso, e viverás.'

'A Lei do Senhor é perfeita; ela devolve à nossa alma as forças perdidas. A revelação da vontade de Deus é digna de confiança; ela dá sabedoria a quem estiver disposto a aprender.'    Salmo 19.7

 
'As ordens que Deus dá aos homens são sempre certas; quem obedece, sente uma profunda alegria no coração. As regras de conduta do Senhor são bem claras e iluminam os nossos olhos.'   Salmo 19.8

Ainda queres garantia de que valerá a pena? Então veja o que diz o Salmo 19.9 e Salmo 19.11
 
'A obediência a Deus nos conserva puros; é a garantia de vida eterna. As opiniões do Senhor sobre a vida são verdadeiras e justas, todas elas.' Salmo 19.9

'Além de tudo isso, servem para nos corrigir quando estamos errados.   Quem segue as instruções de Deus terá sucesso em tudo.' Salmo 19.11

Viu? Terás garantia de Vida Eterna e Sucesso em Tudo!

Bom....sei que estavas querendo uma garantia de outra coisa....tás querendo uma garantia do seu esposo se recuperar e não mais voltar a usar. Porém, a mesma Bíblia nos diz (Salmo 37.5): 'Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.'

Diz ainda: 'E Jesus lhes disse: Por causa de vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.'
Mateus 17:20

Assim, sendo, minha querida, TENHA FÉ! ACREDITE! CONFIE NELE!

Quanto tiver passando por dificuldade, saibas que existe ALGUÉM que está caminhando contigo. Você jamais está sozinha! Existe ALGUÉM que está sempre te protegendo. Então, tenhas bom ânimo! Veja estas dificuldades como uma oportunidade de conseguir uma vitória.

Uma outra passagem é bem interessante:

'Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma. E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.' (Tiago 1:2-6)

Finalizo estas minha palavras esperando que elas possam ter alcançado o meu propósito.

Quero que saibas que compreendo perfeitamente suas colocações...entendo muitíssimo bem a sua situação, mas eu apenas quis te mostrar que o fato de ajudar ao próximo é algo DIVINO.  
Sei que você também está precisando de ajuda. Sei que estás sofrendo demais. Sei que estás sentindo-se carente e necessitando dele ao teu lado. Mas eu quero te dizer uma coisa, amiga: ele se preocupa, sim, contigo, visse? Ele está lá, está ausente da família, mas está, sim, preocupado contigo. Posso te dizer com toda garantia deste mundo de que isso é uma verdade. Digo isso não somente para te confortar, mas porque é uma verdade. Eu passei por inúmeras internações, tanto voluntárias, quanto involuntárias, inclusive por ordem judicial. Passei por várias CT, até mesmo por hospital psiquiátrico. Hoje lido com DQ em meu cotidiano. Estou sempre atendendo casos e mais casos. Porém, todos eles que tem família, em suas partilhas, expressam a preocupação de como elas estão. Posso até dizer que existam alguns que não deem o merecido valor à família, por estarem ali contra a própria vontade, mas, ainda assim, eles têm conhecimento do sofrimento causado aos que vos cercam."




Fiquem na paz!
Bons momentos e até breve!
Continuo sendo o Júnior, um adicto em recuperação, Limpo, só por hoje!


Abração e TAMUJUNTU.

13 comentários:

  1. Pessoal, não sei o que houve que esta postagem ficou com o texto todo desigual, como letras de fontes diferentes e um fundo branco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa postagem ficou é perfeita ju. Forte abraço!! =)

      Excluir
    2. Valeu, "Sol"...
      Muito bom te ver por aqui e saber que vc gostou da postagem. Saudades de tu, visse?
      Abração, bons momentos e TAMUJUNTU.

      Excluir
  2. Bom ter lido seu post... ajuda muito em nossa caminhada! Vc e exemplo. TMJ abraco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço pela visita e comentário, "Amor e Superação".
      Bons momentos.
      Abração e TAMUJUNTU.

      Excluir
    2. Sempre leio os post de vc, da Kel, da polly e tantos outros... Nem sempre comento por falta de tempo...
      Mas, é bom ver que não estou sozinha, ver que muitas pessoas partilham da minha luta e mais que isso ver alguém como vc que tem um foco um objetivo: se manter limpo,é muito bom, faz que eu não perca as esperanças, apesar de muitas vezes pensar em pular do barco antes que ele afunde.
      Meu marido está na ativa, todo aquele plano lindo de quando saiu da clinica em poucas semanas desapareceu... coisas boas de lá pra cá aconteceram é verdade, mas com certeza se ele estivesse longe das drogas, seria muito melhor, não haveria medo, nem dor, nem desesperança...
      Hoje em especial estou muito triste, foi trabalhar há pouco travado, ai pra tirar o foco dele me diz coisas ruins, desconfia da minha fidelidade, do meu amor... dói muito... e sinceramente sou do tipo realista, seu merecesse isso eu encarava na boa, mas faço de tudo p ajudar, apoiar, não falta nada em casa como esposa e companheira... enfim as esperanças estão se esvaindo...
      Mas bom ler... quem sabe Deus abençoe ele e um milagre aconteça e queira se ajudar... nada é impossivel...
      TMJ
      abraço

      Excluir
    3. Oh, amiga!
      Que triste essa situação!
      Mas olha... Continue fazendo a sua parte. Faça a entrega total, sugerida no Terceiro Passo. Permita "viver e deixar viver".
      Claro que teoricamente isso é bem lindo e até fácil demais, porém, vivenciar isso é que é o problema. Mas é possível, sim. Certamente se focares tua vida e teu propósito em uma melhor qualidade de vida, vais encontrar a felicidade independente de como ele esteja. Verás que tens motivos demais para ser feliz e que a escolha dele em viver na ativa, é apenas uma questão pessoal e que se ele quiser ser ajudado, certamente terá você disposta a ajudar. Portanto, continue acreditando que MILAGRES existe, pois eu sou um.
      Um grande abraço, amiga.
      Bons momentos e TAMUJUNTU.

      Excluir
  3. Ola Amigo, ótima postagem....apenas me preocupo com uma questão...acho q a maioria se confunde nisso...o problema não é ajudar mais sim como se ajuda...e se tratando de dependencia quimica muitas vezes a ajuda é o contrario do óbvio...me entende...é ai que o bicho pega até aonde ir...hoje graças a Deus eu entendo que devi ir somente até o modificar a mim mesma...qualquer ajuda que eu queria dar fora disso...vai dar errado...uma frase que aprendi nos grupos é antes de ajudar se questione, estou fazendo POR ele ou PRA ele...se for PRA ele ok, se for POR ele ai ta errado...rs...na pratica...neguinho ta na ativa gastou o dinheiro, vai sujar o nome, ter o carro aprendido, ou qualquer prejuizo o que faço pago a divida? Não estarei fazendo por ele...lhe indico um emprego, lhe pago por uma atividade que ele executar? correto estou fazendo pra ele...nunca se esqueçam ajudar a uma borboleta a sair do casulo é ajuda-la a sair com as asas fracas sem saber voar..bjuuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fechou, Kel!
      Mandou ver!!
      Adorei a tese da borboleta! Desse jeitinho mesmo.
      Abração, amiga.
      Bom te ver por aqui. Bons momentos e TAMUJUNTU.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Bom te ver por aqui, Cicie!
      Valeu pelas palavras.
      Abração e bons momentos.
      TAMUJUNTU.

      Excluir
  5. Muito bom o texto!
    Essa questão é bem delicada,ajudar independentemente se a pessoa queira ser ajudado e no meu vê não só com o DQ,mas com qualquer ser...
    Eu pelo menos não sei lidar com isso,mesmo me considerando uma pessoa espiritualizada...
    Se não quer ajuda me desculpa o palavrão a vontade é mandar tomar no c...,sério mesmo,como ajudar quem não quer difícil,viu muito difícil!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente sua colocação, companheira Bella.
      Mas trabalhar isso em nós, faz um bem enorme.
      Valeu, querida!
      Abração e TAMUJUNTU.

      Excluir