Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

quinta-feira, 31 de março de 2016

I SEMINÁRIO MUNICIPAL DE REDUÇÃO DE DANOS - BACABAL/MARANHÃO.

Saudações, meus queridos(as)!
Todos na paz?

Espero que estejam desfrutando de saúde e muita alegria, juntamente com todos os que vos cercam.
Aqui, comigo, posso dizer que estou bem.

Apesar das turbulências que a vida nos trás, estou conseguindo manter o foco em minha recuperação, mantendo o equilíbrio emocional, mantendo a serenidade e tendo aceitação.

Hoje eu participei de um evento maravilhoso, que foi o I SEMINÁRIO MUNICIPAL SOBRE REDUÇÃO DE DANOS, na cidade de Bacabal/MA.

Tivemos participação do Poder Público, das Secretarias de Saúde, Ação Social, CREAS, CRAS, representante do Judiciário, representante do Centro POP, representantes de ONG's e movimentos LGBT's, Comunidades Terapêuticas, Instituições Religiosas, representante regional da ABORDA (Associação Brasileira de Redução de Danos), etc.

Eu tive o privilégio de ter uma participação nas temáticas abordadas e aprendi bastante com tudo o que foi debatido no evento. Creio que foi um momento importante para o município, pois foi elaborado uma série de eventos e compromissos que irão levantar o Conselho Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas e suas atividades.

A cidade de Bacabal/MA hoje amanheceu de luto, pois três crianças morreram eletrocutadas, vítimas de uma "armadilha" que o vizinho fez na cerca, colocando eletricidade na mesma e essas crianças brincando, se aproximaram dela e levaram uma descarga elétrica. Morte imediata. A população revoltada ateou fogo na residência. (Veja mais em Blog do Sérgio Matias)

Por ironia do destino, uma destas crianças é filho(a) de um casal que foram presos semana passada, acusados de tráfico de drogas. O Juiz responsável pela Vara de Entorpecentes, Dr. Jorge Antônio, justo o Juiz que teve hoje participando do Seminário, baseado numa Lei que, segundo ele, "quando o agente for imprescindível aos cuidados especiais de pessoa menor de 6 (seis) anos de idade, o juiz deverá substituir a prisão preventiva do acusado pela prisão domiciliar". Com isso, ele concedeu o habeas corpus e deferiu a prisão domiciliar para a mãe de uma dessas crianças.

Na segunda feira passada, a mídia local caiu em cima da decisão do Magistrado, por ele ter solto a acusada de tráfico de drogas. A imprensa dizia que o Juiz devia ter sido mais rígido e ter deixado-a presa.

Hoje, durante o Seminário, ele teceu comentários sobre o assunto e disse: "Fui severamente criticado pela mídia local, pelo fato de ter feito o que diz a Lei. Ela tinha aos seus cuidados um filho menor e eu dei a medida que julguei cabível." E desabafou: "Agora vocês imaginem se eu deixo essa mulher presa!? Eu deixei ela em casa e o filho morreu eletrocutado. Se eu deixo ela presa, a mídia iria cair em cima de mim dizendo que se eu tivesse soltado-a, ela estaria cuidando do filho e isto não teria acontecido".

Uma situação complicada aos olhos e entendimentos da sociedade e, mais complicada ainda, é todo este contexto que envolve as drogas, o consumo de drogas e a dependência às mesmas.

Na próxima quarta feira, o referido Juiz de Direito, Dr. Jorge Antônio, estará relatando melhor este episódio e outros assuntos, em nosso Programa "A Voz da Sobriedade", que vai ao ar ao vivo e em tempo real, para o Brasil e para o mundo, através de nossos portais na internet.

Você pode acompanhar essa entrevista, acessando um dos links abaixo e também pode participar do programa, mandando sua pergunta ou compartilhando sua experiência, enviando seu áudio para nosso whatsapp +55 99 98434-0121.

Para quem ainda não tem conhecimento, é o seguinte:



O programa "A Voz da Sobriedade" é um programa que aborda Legislação e Políticas Públicas Sobre Álcool e Outras Drogas, Redução de Danos, Modalidades Terapêuticas, Grupos de Mútua Ajuda, Tratamento e Recuperação para Dependentes Químicos, Codependência, etc,

Atenção para nosso horário: acabando o horário de verão, nosso programa que era das 12:00hs as 13:00hs em horário de Brasilia, agora é das 11:00hs ao meio dia. (Na verdade, aqui no Nordeste sempre foi este horário. Esta informação é para as pessoas que estão fora do Nordeste do Brasil e que estavam acompanhando nosso programa em horário de verão do Distrito Federal).

Seguem os links do programa:


Importante ressaltar que, embora os sites sejam relacionados à religião católica, o Programa "A Voz da Sobriedade" é totalmente independente e não está ligado e/ou relacionado a nenhuma religião, nem aborda assunto religioso.

Para acessar o Programa, clicar no ícone da rádio São Francisco.

Sintam-se a vontade em nos prestigiar com vossa audiência!


Programa "A Voz da Sobriedade". Um momento de informação e reflexão para o enfrentamento das dependências.

Vida que segue, né?

Como já havia dito inicialmente, as turbulências da vida tem tentado me abalar, balancear minha rotina e meu equilíbrio emocional, mas tenho entregado, sem reservas, minhas vontades e minha vida aos cuidados Do Poder Superior, pois somente ELE é capaz de manter-me bem, mesmo diante de todas as dificuldades da vida.

Esse fim de semana eu tive uma notícia bem louca. Uma de minhas filhas, que tem 19 anos, me ligou e disse que tinha uma notícia triste para me dar. Eu achei que ela tivesse engravidado. Quando perguntei se era isso que ela queria de falar, ela disse: "Não, Pai! Antes fosse isso! É pior que isso."

Tensão maior ainda. Firme e forte, (achava eu), perguntei: - E o que é pior que isso, minha filha?
Ela respondeu: "Pai, o Fábio está envolvido com drogas. Está usando e vendendo drogas!".

Fui noutro mundo e voltei. Vi o quanto sou frágil. Necessito estar diuturnamente entregando minha vida aos cuidados Do Poder Superior, pois somente ELE pode me sustentar.

Fábio, a quem ela se refere, é um de meus filhos, que é irmão dela. Ele vai completar 18 anos no próximo dia 09/04/16. Ele tem vontade de servir ao exército e sempre conversamos sobre isso.

Quer dizer, agora nem sei mais o que ele quer na vida.

Este garoto, que conhece bem minha história, que sabe o que eu passei, que viu a mãe dele ser assassinada por ter envolvimento com um traficante, ainda vai se envolver com drogas!

Eu não era casado com a mãe deles. Tivemos um relacionamento extra-conjugal e tivemos eles.

Tempos depois de terminarmos nosso envolvimento, ela se relacionou com um cara que tinha envolvimento com drogas e, posteriormente, se envolveu em dívidas de drogas. Os traficantes foram cobrar a dívida e essa jovem foi entrar na frente e tentar impedir que os caras o matasse. Resultado: o marido dela correu e ela foi alvejada por vários tiros.

Na época, eu quis tomar as providências e isso nem quero tecer comentários aqui. Meu propósito aqui é comentar o fato que hoje está acontecendo. Meu filho de 18 anos, que sofreu pela perda da mãe por causa de drogas e ainda vai se envolver com drogas.....é foda!

Estou aqui me programando para ir em Recife. Quero conversar com ele pessoalmente e ver o que posso fazer. Preciso, o quanto antes, ter iniciativa.

Possa ser que seja apenas o uso experimental, mas possa ser que seja o início de uma vida infernal.

A notícia de que ele está envolvido com tráfico, pelo que apurei, parece-me que estava vendendo lança perfume. Não sei bem o que está rolando, mas preciso saber. E isso não consigo fazer a distância.

Esse é o preço que pago por ter filhos distantes de mim. Mas, nem por isso, fujo de minha responsabilidade. Farei o que for preciso para evitar que ele passe pelo que eu passei.

Manter o equilíbrio emocional é uma tarefa que requer muita recusa dos instintos naturais. Não é fácil ver, aceitar e conviver com situações onde vai de encontro com suas vontades ou opiniões.

Aceitação é bem mais que não questionar ou ir de encontro com situações que não desejas ou concordes. Aceitação é respeitar e entender que o "venha a nós o vosso reino" é um pedido nosso atendido para que "seja feita a Sua Vontade".

Serenidade é estado de espirito. Serenidade não é teoria. É preciso um conjunto de atitudes nossas para que nossa paz interior exteriorize-se e emane energias positivas àqueles que nos rodeia.

Serenidade é neutralizar seu "eu" interior para que nada, absolutamente nada neste mundo, possa ser capaz de tirar sua alegria e felicidade.

E nada disso pode ser descrito como verdadeiramente é, pois espiritualidade não se descreve... Espiritualidade se vive!

Bons momentos a todos e TAMUJUNTU.

2 comentários:

  1. Amigo, sempre atuante no combate às drogas! Estamos juntos, viu?!
    Abraços da galera de Brasília!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Poly!
      Bom tê-la conosco!
      Abração à todos ai no DF.
      TAMUJUNTU.

      Excluir