Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

RETORNANDO......

Queridos(as) Amigos(as), saudações!

Desejo estar encontrando vocês desfrutando de saúde e paz, juntamente com todos os que lhe são caro.
Aqui, comigo, tudo conforme a Vontade do Poder Superior. Estou com saúde e estou "Limpo, Só Por Hoje!".
Estou retornando à postar em meu blog, após uns dias de imensa "correria", onde eu pouco tive como fazer postagens nos blog's que sigo...nem mesmo no meu.
Agradeço, carinhosamente, aos meus seguidores(as) que deixaram comentários aqui e, de certa forma, preocuparam-se comigo, diante da última postagem que eu havia feito aqui. Sem falar que, tratando-se de um adicto em recuperação, sempre fica aquela velha dúvida em qualquer sumiço dele, né mesmo?
Mas eu estou bem. Estou bem melhor de que quando postei aqui na última vez. Estou me recuperando de uns abalos emocionais que passei. Estou conseguindo manter um certo controle emocional diante dos problemas que estou enfrentando. Mas, o mais importante, eu estou conseguindo, que é manter-me sóbrio.
Afinal de contas, eu tenho que estar bem, pois as atividades que eu lido diuturnamente, necessitam, indubitavelmente, de estar sóbrio e com a cabeça no lugar, senão jamais conseguirei repassar esperanças aos que estão sob nossos cuidados lá no CT; Jamais conseguirei repassar boas energias no meu local de trabalho, onde tenho um cargo de tamanha responsabilidade.... Sem falar de minhas demais comorbidades que sempre dão uma alavancada a cada recaída emocional minha.

É isso aí....estou bem e não poderia estar melhor.
Esses dias em que passei sem postar aqui, não foi por falta de vontade, não. Todos os dias eu lembrava de vocês. Todos os instantes em que eu entrava na NET, dava aquela enorme vontade de abrir o blog e dizer aqui que estou bem, estou com saudades e que agradeço as palavras de vocês. Mas tive que fazer este Post de hoje em várias etapas, sempre parando aos poucos, pois sempre aparecia alguma atividade em meio ao tempo que eu dedicava para escrever.
Quero aqui compartilhar de um momento feliz que passei nestes dias atrás. Momento este que eu considero extremamente raro.
Era uma manhã chuvosa. A cidade aqui estava parcialmente alagada. Poucas pessoas nas ruas. Parecia aquela música de Raul Seixas, "NO DIA EM QUE A TERRA PAROU!". Realmente estava tudo parado.
Saí do meu serviço e fui ao Escritório de Serviços Locais de Alcoólicos Anônimos, resolver uns negócios, pois neste dia haveria uma Reunião Administrativa de nossa Diretoria.
Ao me aproximar do ESL, observei que haviam iniciado uma obra na residência ao lado. Tinha um homem na calçada, recolhendo os tijolos em um carro de mão e colocando pra dentro da casa. Como eu estava apressado devido aos respingos de chuva, apenas entrei rapidamente no Escritório e nem observei de quem se tratava. Mas percebi que havia um movimento de mais pessoas no interior da mesma.
Passei um tempo no ESL e ao sair, novamente observei o movimento, desta vez dentro da residência, a qual estava com o portão totalmente aberto. Olhei para dentro e reconheci um dos que ali estavam. Ele também estava me olhando e logo me reconheceu. Aproximou-se e disse: "E aí, cara! Como é que você tá? Anda sumido?!?!!"
Este cidadão era um dos maiores traficantes que atuava numa região de favelas aqui na Cidade. Tínhamos muitos negócios no Submundo do Sistema. Forneci muitas munições para ele, quando de minha ativa. Sem falar dos "serviços" que prestei para ele.
Neste momento, ele estava TRABALHANDO HONESTAMENTE, como Mestre de Obras. Havia muito tempo em que tínhamos nos visto. A última vez, foi quando ele foi preso e a esposa dele me ligou, pedindo que eu ajudasse em algumas coisas, pois eu já havia saído daquela vida e já estava lidando com as atividades que tenho hoje. Na época, consegui uns documentos que ajudaram bastante no Processo dele. Depois que ele saiu da prisão, eu não tive mais nem notícias dele. E neste dia me deparo com ele exercendo uma atividade lícita. E não foi somente isso, não!
No meio de nossa conversa, ele me diz assim: "Vê se tu reconhece aquele ali!", apontando para um outro homem que, agachado, quebrava o reboco de uma das paredes da casa.
Eu olhei...olhei....olhei....mas não reconheci.
"Tô conhecendo, não!  Quem é?" - disse.
Ele respondeu: "- Fulano de Tal!"
Nessa hora, me arrepiei todinho. Era um outro ex-traficante, inclusive, que eram inimigos um do outro. Ambos disputavam pelo domínio do tráfico na favela. Um homem considerado cruel e maldoso, pelos moradores da favela, bem como pela própria Polícia. Mas que agora estava lá, TRABALHANDO DE FORMA HONESTA, exercendo a profissão de Pedreiro.
Naquele momento, diante de tantas coisas que vivi e que passei ao lado daquelas pessoas, me veio assim, tipo, um filme pela minha cabeça, sabe? Passei alguns instantes sem nem palavras pra dizer. Fiquei por alguns instantes "castelando" naquela cena. Lembrei dos momentos em que estávamos na favela, programando atrocidades; lembrei dos momentos em que ficávamos manipulando as substâncias (drogas) com produtos, como o reajunte, de colocar em pisos cerâmicos, para que aumentasse a quantidade da mercadoria. Me lembrei de quantas vezes eu conversava com um deles e ele dizia que eu era mais amigo do outro do que dele, e aquilo me deixava meio que "escabriado", pois eu sabia que ambos não se cheirava. Eu tinha receio de que houvesse algum mal entendido e eles achassem que eu estava levando e trazendo informações. Foram tantas coisas que passaram na minha cabeça naquele pouco instante em que observava o cara quebrando a parede e um outro em pé ao meu lado. Confesso que me emocionei.

Resolvi me aproximar do brother lá. Entramos juntos na casa e logo ele nos viu se aproximando. (O cara quando é "mala" uma vez, ele nunca esquece das "manhas" e tá sempre "ligado" em tudo ao seu redor.).

Quando ele me viu, levantou-se tão rápido, mas tão rápido, que até pensei que ele tivesse pensando que era uma "cutruca" que estávamos fazendo pra ele. Percebi que ele ficou surpreso ao me ver. Até agora eu imagino que ele tenha sentido medo de alguma "casinha" pra ele. Mas logo eu o cumprimentei e tentei repassar aquela velha confiança que ele tinha em mim. Se bem que, no Submundo do Sistema, essa onda de confiança é paradoxal, tá ligado? Todo mundo é todo mundo e qualquer um é qualquer um...e qualquer um é todo mundo e todo mundo é qualquer um. Ou seja, ninguém é ninguém, tá ligado?

No Submundo do Sistema, o jogo é ganhar. No Submundo do Sistema, ganhar significa sobreviver. No Submundo do Sistema, sobreviver significa matar, ter posse, ter domínio do pedaço, da situação, ter nome, prestígio e poder. No Submundo do Sistema, simplesmente, vale tudo e tudo é válido, tudo faz diferença....só não existe diferença entre o certo e o errado....entre o lícito e o ilícito.

Digo pra vocês uma coisa, pessoal!
Aqueles momentos que passamos juntos ali, tivemos várias recordações. Por alguns instantes, ficamos sentados nuns tijolos, conversando sobre nossas vidas hoje; sobre nossas mudanças de vidas; sobre os Milagres que aconteceram conosco; sobre os tantos e tantos que já se foram ao longo deste tempo em que não nos víamos. E posso dizer que não foram poucos, não....foram muitos.

Naquela hora em que estávamos ali sentado nos tijolos, olhei rapidamente para nossas mãos. Nas minhas, estavam papéis (documentos)...Na deles, colher de Pedreiro e trena. Muito diferente dos tempos de outrora, quando estávamos com, no mínimo, uma pistola automática em  mãos.

Durante nossa conversa, observei a tranquilidade que pairava em nosso meio. Jamais isso acontecia nos tempos de outrora, mesmo com toda "segurança" que se sentia dentro da favela.

Nos olhos de cada um de nós, um brilho de alegria. Nossos sorrisos agora eram de poder estar conversando sobre coisas que jamais imaginaríamos que um dia iríamos conversar. 

Nossos sorrisos eram das coisas que julgávamos ser "careta" e que agora estávamos fazendo, que era TRABALHAR HONESTAMENTE.

Nossos sorrisos agora eram de alegria por poder dizer que somos um MILAGRE, que acreditamos que existe Um Poder Superior à nós, quando, antigamente, nosso DEUS era apenas nossas armas e nossas munições.

Nossos sorrisos agora não era mais em virtude de uma "parada" que havia dado certo...nem  por ter conseguido escapar de um cerco Policial, como se aquilo fosse uma enorme vantagem, nem tão pouco por ter tirado a vida de um rival,   ou de um Polícia, ou de um cagueta ou de algum(a) devedor. Agora estávamos sorrindo pelos inúmeros motivos que a vida nos dá, nos presenteando com aquela oportunidade de estarmos ali, após uma vida inteira de lutas, batalhas, guerras, conflitos, combates, desavenças, duelos.... Agora estávamos sorrindo por termos nos reencontrado, após anos perdidos no meio das trevas, da escuridão do inferno.

Eu, em meio a nossa conversa, disse meio que brincando, mas que é a pura realidade. "- Cara! Nós conseguimos sair do inferno, oh!".

Um deles falou: "- Mas a gente mesmo era quem causava um inferno, pois a gente era o diabo escritinho!".

Digo pra vocês uma coisa, pessoal: uma cena daquelas é coisa rara de se ver....podem crer!

Quem entra no Submundo do Sistema, dificilmente sai. Entrar no mundo das drogas já é difícil sair, imagina no Submundo do Sistema?!

Uma cena daquelas, onde três homicidas, ex-traficantes, considerados periculosos pelo Ministério Público, considerados casos perdidos pela sociedade, se encontram TRABALHANDO HONESTAMENTE, livre das drogas, tentando dar uma parcela de contribuição a sociedade.... uma cena assim é raro de acontecer.

Sem falar que aqueles dois homens se odiavam. Eles tinham uma total aversão um ao outro.
Mas agora, estavam juntos, TRABALHANDO em parcerias. Um sendo Mestre de Obras e o outro Pedreiro da obra. 

Agora eu pergunto: - Onde que um iria admitir que o outro dissesse o que o outro teria que fazer em seu trabalho?
Eles que viviam disputando o controle da situação, jamais iria aceitar que o outro fosse seu encarregado.

Mas O Poder Superior tem um plano maravilhoso na vida da gente.
Como eu sempre digo, DEUS age de forma misteriosa nas realizações de Suas Maravilhas.

E esta forma como ELE colocou nós três ali sentados, numa manhã chuvosa, sem nenhuma arma, sem nenhuma substância, sem nenhum pensamento insano, realmente é uma forma misteriosa.

Aquele momento foi, pra mim (e acredito que pra eles também), um momento ímpar. Um momento que ficou marcado em minha memória. Um momento que eu serei eternamente grato ao P.S. por ter sido um Milagre DELE.

Alguns dias continuei visitando a obra em que eles estavam fazendo ao lado do Escritório de Serviços Locais de A.A.. Por algumas vezes levei eles lá dentro, em nossa sala, servi um cafezinho e trocamos mais idéias. Mas foram idéias saudáveis, idéias firmes. Eles demonstraram imensa alegria por ter me visto como estou hoje, pois eles não eram usuário como eu era e sempre estavam me dizendo pra mim sair daquela vida de uso, pois não tinha como "macaco vender bananas".

Interessante que não escutei isso somente deles, não. Lembro-me perfeitamente do dia em que fui detido pela equipe da DHPP e um dos "canas" que me conhecia e fazia parte de uma máfia, disse pra mim assim: "-Tu tas aqui porque tu é vacilão....eu tô ligado que tu é um muleque de atitude, mas tu fica usando essas merdas aí, aí fica vacilando desse jeito. Tu tem que deixar de usar isso, que tu vai ver como tu vai se dar bem nessas paradas que tu faz!"

Ele estava se referindo aos crimes que eu praticava. Pra ele, ser cobrador do tráfico era coisa de atitude. Pra ele, matador de aluguel era coisa de homem macho. Mas pra ele, eu vacilava porque era usuário.

Cabe aqui dizer que este agente foi cruelmente morto, há pouco tempo atrás. Ele era envolvido com muitas coisas ilícitas.

É....eu parei, né?   Eu deixei aquela vida errada. Eu virei "careta". Eu agora estou num outro mundo....no mundo dos "pregos"...

....Mas os "malucos" tão por aí mesmo...tão morrendo de graça...tão vacilando atoa. Os que não são "caretas" tão aí se fudendo mesmo. Os que não são "pregos", tão aí uma hora dessa, se matando nos cachimbos, nos infernos da vida. Tão aí fazendo suas famílias viverem num verdadeiro inferno aqui na terra.

Estamos chegando aí na época do carnaval. Eu sempre digo que o carnaval é o aniversário do diabo. Recife, minha terra natal, é uma das capitais mais violentas do País. Ano passado eu estava em Salvador. Este ano, estou pensando em ir pra um retiro, no interior do Maranhão, na Cidades das Águas, em meio as cachoeiras lindas e maravilhosas.   Até que eu estou me programando em curtir o galo da madrugada em Recife e depois dá um pulo na Bahia....mas pelo que estou vendo de tanta violência...greve de Polícia e tudo o mais....eu quero é distância de metrópoles....acho mesmo é que vou me retirar. Já dei sopro demais pra sorte...agora não quero mais brincar com o azar.

SÓ POR HOJE, continuarei voltando.
SÓ POR HOJE, estarei sorrindo pra vida, mas não mais da vida.
SÓ POR HOJE, estarei com meus pensamentos voltados para minha recuperação, para minhas amizades saudáveis e para que meus dias continuem sendo LIMPOS E SERENOS.
SÓ POR HOJE agradeço ao PODER SUPERIOR por mais um dia de MILAGRES em minha vida.

Valeu, pessoal!  Valeu pelas palavras!

Abração e TAMUJUNTU.

11 comentários:

  1. Amigo, que momento grandioso que você viveu hein? Acho que tal momento só reforçou a ideia de que vale a pena escolher estar limpo todos os dias e que vele a pena levar a vida que você leva hoje não é mesmo?
    Estou feliz por você, por essa postagem, por vc estar melhor.
    Estamos juntos sempre!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Caraca Irmãozinho!!! Mata eu do coração Não!!!!kkkkkkkk
    Até parece que vc não sabe como é co-dep.... Ja tava quase fazendo uma roda de oração pra você!rs
    Esses momentos que Deus nos permite viver são mais que uma carta do Poder Superior dizendo "tenha fé" você conseguiu, eu salvarei os outros também como salvei você não é mesmo?
    Sou uma co-dep e não uma adicta acho que porque o PS quis assim, eu tinha que aprender que eu não salvo ninguem que é Ele quem salva, minha vida toda tentei fazer amigos sairem do submundo, brigava com amigos que eram traficantes, que andavam armados (eu era uma "sem noção" como diziam esses meus amigos, rs), Hoje, graças a meu ex-marido ter pedido ajuda, se internado, frequentado NA, conheço muitos companheiros, e através deles, de tempos em tempos o PS me presenteia com a chegada de algum amigo (dos velhos tempos), se ingressando nessas irmandades... felicidade maior não existe e o Poder Superior não poderia me dar presentes mais especiais que estes!
    Te amo Companheiro....
    !

    ResponderExcluir
  3. Linda de mais essa postagem!
    Impossível não crer em milagres lendo tudo isso...
    Feliz por você, e que bom que voltou...
    Beijokas

    ResponderExcluir
  4. Giulli, amiga...realmente é um momento grandioso e certamente vale a pena levar a vida que eu levo hoje. Vale a p
    ena estar limpo, só por hoje. Eu sempre digo que, não é que eu fiz a escolha certa.....eu fiz a única escolha, já que eu queria era viver.....por isso, tinha que abandonar as substâncias.
    Abração e TAMUJUNTU.
    __________________________________



    Cici, minha querida!
    Percebi que vc estava sempre "cobrando" minha sumida e eu sei mesmo como é essa onda, minha irmã.....kkkkkkkk
    Eu acho que estou mesmo precisando desta roda sua de oração, amiga....afinal, nunca é demais.rsrs
    Agradeço seu carinho e sua constante presença aqui no blog e suas palavras serão sempre bem vindas....eu tb amo, companheira!
    TAMUJUNTU.
    ______________________


    Valeu, Gaby!
    MILAGRES existem.....eu sou um deles!
    Abração, amiga....TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  5. Viu só, depois que falei em milagres aqui, recebi um milagre lá... :)
    Um beijo no seu coração, e obrigada por me fazer crer, sempre...

    ResponderExcluir
  6. É isso aí, Gaby!
    Vi lá o MILAGRE que O PODER SUPERIOR operou em sua vida....principalmente na vida dele.
    O mais será revelado, amiga.
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  7. Como a vida nos supreende né querido, achei lindo esse encontro de vcs, q Deus posso te surpreender muito mais nessa sua caminhada, para cada dia vc ver como é bom a gente lutar pelos nossos sonhos.
    ah se der me add no msn je_si_kinha@hotmail.com assim sempre que me surgir umas duvidas te encomodarei pelo homail tbm rsss
    Grande Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estás adicionada, minha amiga. Qualquer coisa, TAMUJUNTU.
      Que O Poder Superior continue te iluminando, amiga.
      Abração e TAMUJUNTU.

      Excluir
  8. Olá.. gostei muito de seu blog, te convido a participar do meu..
    Juntos venceremos!!!

    http://beatrizvini.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Salve companheiro,

    Sempre leio seu blog, mas nunca comentei...
    Comecei a escrever um também...
    Faça uma visitinha
    http://euescolhiamarvc.blogspot.com

    Grande abraço
    SPH

    ResponderExcluir
  10. Oi, Bia! Tudo bem?
    Estarei visitando seu blog agorinha mesmo.
    Valeu pela visita e espero que passes aqui mais vezes.
    Abração e TAMUJUNTU.
    ____________________________


    Minha amiga Mari R.S!
    Agradeço carihosamente seu comentário e te espero aqui mais vezes.
    Estarei visitando seu blog agorinha.
    Abraços e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir