Sejam Bem Vindos!

Quero agradecer, carinhosamente, pela sua visita e espero que possamos continuar partilhando experiências, as quais considero-as importantes para manutenção de minha recuperação.
Sua partilha (comentários) aqui nos Posts, bem como seguir-me quando julgares conveniente, é importante para que possamos estreitar ainda mais a nossa amizade, algo que é fundamental para um crescimento em nível de ser humano...ainda mais quando se trata de um adicto em recuperação, como eu.
Por isso, mais uma vez, muito obrigado por sua presença!
Que bom que você veio! Que bom que você me visitou!
Melhor ainda será ler seus comentários e ver-te aqui, sempre que possível, ajudando-me dia-a-dia.
Que O PODER SUPERIOR continue te concedendo o direito de reconhecer, aceitar e realizar a Vontade DELE, em todas as suas épocas e lugares, para que só assim, possas continuar desfrutando destas Dádivas de renovados dias Limpos, Serenos e repletos de Saúde e Paz!
Abraços e TAMUJUNTU.
Loading...

Siga por e-mail

quinta-feira, 16 de maio de 2013

"EU NÃO QUERIA MUDAR" & "EU QUERIA MUDAR".


Olá, pessoal!
Tudo bem?   Espero que sim.

Hoje deu vontade de partilhar um pouco sobre uma cena que vi ali. Quer dizer, cenas como essa são comuns a todo instante e em todos os cantos desse mundo. Presenciei um jovem menor, sendo preso...quer dizer, apreendido.. (é muito diferente uma coisa da outra, né???   Só nossa Justiça vê diferença nisso).

Mas tudo bem. O que eu quero dizer é que vi (mais) essa triste cena, onde o fato da apreensão do mesmo não era, nem de perto, o motivo dos comentários. Até porque é comum hoje em dia vermos menores no crime. Acontece que a repercussão maior foi pelo fato do que esse menor estava falando quando de sua apreensão. Diga-se de passagem, menor só mesmo em idade, pois de altura e porte físico...

Pois bem. Ele simplesmente dizia que era esse mesmo o caminho que ele tinha escolhido...que era esse mesmo o caminho que ele queria seguir...que não tinha mais escolha...que estava decidido em ser um marginal...que estava sendo “preso” ali, mas logo, logo estava na rua novamente e quando saísse, iria se vingar daquele pessoal...disse que era tudo culpa do governo que não dava opção dos pais dele trabalhar e ganhar suficiente para ele ter condições e que só roubava quem tinha condições e só matava por dinheiro alto...que já era quase um profissional e que o pessoal iria se arrepender de tá chamando a polícia pra levá-lo.         Isso foi apenas um pouco do tanto que ele falou.       Determinado momento, houve pessoas que se afastavam com temor e outros diziam que era para matar logo, pois se ele fosse solto iria fazer o que estava ameaçando.

Algumas pessoas que o conhece, disse que realmente ele é muito agressivo e que tem mesmo esse histórico criminal.

Eu não quis ficar ali para ver o resultado, até mesmo porque eu já sei de "có e salteado" os resultados disso. Sei muitíssimo bem onde isso acaba, quando se tem pensamentos dessa natureza e não os muda. Nos caminhos dele eu já deixei rastros.

Essa cidade onde estou é bastante calma e nem que tivesse apenas um morador como este, já seria motivo de muito amedrontamento por parte dos moradores.

Outro dia eu vi uma reportagem com outro jovem, só que esse é maior de idade, onde ele também falava algo parecido. Este eu procurei num tal de youtube e acabei encontrando o vídeo dele e estou aqui o colocando, não para fazer divulgação, mas para que possamos ver até que ponto a mente humana perde-se por pouca coisa ou por tanta droga. 

ATENÇÃO!!!!!
O conteúdo do vídeo é altamente impactante e recomendo a não visualização por parte dos que não gostam de assistir algo dessa natureza.


Ele canta uma letra de um RAP que diz que gostaria de mudar, mas o mundo o ensinou a ser assim. Estou colocando aqui a letra para quem interessar possa, acompanhar detalhes da música.


Eu Queria Mudar
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria os cana vim atrás de mim
Aprendi a ser esperto aprendi a meter fita, no meio da malandragem solto fumaça.
Cresci numa quebrada onde não pode dar mole, onde amigo e confiança com certeza não há!
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria os cana vinha atrás de mim
Pulei o muro da escola pra correr atrás de pipa,
jogar conversa fora, biloca em fica, matar gato de pedrada,
rasgar o lixo do vizinho..
é muita ocorrência pra um só menininho
è divertido aprontar, fazer o que é proibido, pedra
no telhado, brincadeira de bandido, espingarda de
madeira, mocinho e bandido, vida loka desde cedo atrás dos
inimigos, mais folgado da rua tipo mais aloprado,
jeitinho de marrento carinha de folgado, odiava
escola classe ou centro de ensino, da meu xumbinho da meu
brinquedo de matar menino, muitas vezes minha mãe me
chamou de capeta, eu sou o tipo de cara que não vive
sem treta, de tanto de escutar o nome por ele eu atendo,
na madruga é nós na fita puro veneno.
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu
queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria
os cana vinha atrás de mim.
Aprendi a ser esperto aprendi a meter fita, no meio
da malandragem solto fumaça.
Cresci numa quebrada onde não pode dar mole, onde
amigo e confiança com certeza não há!
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu
queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria
Os cana vinha atrás de mim.
Passei infância no Caje aprontei pra carai, na fuga
da lotérica a casa sempre cai, se acostumar com as
torturas é sempre difícil, trabalho exige muito roubar
é meu vício,
na minha casa não tem plasma, nem LCD, tem uma lan ali
moscando cheia de pc.
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria
os cana vim atrás de mim
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu
queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria
os cana vinha atrás de mim
Esse mundo me ensinou a roubar, esse mundo me ensinou
a matar, esse mundo me ensinou a viver de um jeito
que não dá pra mudar, eu queria poder viver bem, eu
queria um dia ser alguém, infelizmente o que se quer não se
tem, preto rico 1 entre 100!
Só sei fazer o errado eu aprendi a ser assim, quem
vai por esse caminho logo encontra o fim, pobre sem
profissão nada consta custa um montão, fecharam as
portas pra mim roubar é minha profissão, queria até
ter um carro tunado estilo sport pra conseguir um
daqueles só sendo um patrão dos fortes, ou conseguir
um canal numa agencia bancária ou sequestrar um playboy
filho de uma mãe milionária, pensar honesto não dá
nunca deu e nunca dará se quem governa o país também
aprendeu a roubar, eu roubo a mão armada eles roubam
no caô, me chamam de bandidão, eu chamo eles de doutor.
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu
queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria
os cana vinha atrás de mim
Aprendi a ser esperto aprendi a meter fita, no meio
da
malandragem solto fumaça
Cresci numa quebrada onde não pode dar mole, onde
amigo e confiança com certeza não há!
Eu queria mudar, eu queria mudar, eu queria mudar, eu
queria mudar..
O meu mundo me ensinou a ser assim, fazer a correria
os cana vinha atrás de mim!

Eu me identifico pra *&$@%!# com letras desse tipo. Fala do meu passado, de minha história ou parte dela. Fala do que vejo hoje junto aos que tento me aproximar para ajudar. Enfim, fala a mais pura realidade... triste, porém, a mais pura realidade. 

Confesso que também me identifiquei pra @¨$¨#*&% com a história de "Alanzinho Maniçoba". Passei muuuuuitos anos de minha vida desse mesmo jeito, com esses mesmos pensamentos, inclusive, quando ele mostrou a tatuagem da "morte", no braço, eu me lembrei quando eu fiz a minha primeira tatuagem....foi justamente uma "morte", também no mesmo local... Confesso que tenho algumas outras "mortes" tatuada no corpo e pretendo ainda fazer outras.   #insanidade.

Que essas pessoas possam, um dia, num futuro próximo, despertar para a realidade de viver em um mundo sem uso de drogas.

Que O PODER SUPERIOR nos permita ser úteis a essas pessoas, sem necessidade de dizer que eles não tem mais jeito...que só matando... fosse assim,  eu não estaria aqui escrevendo isso pra vocês, pois eu fui igual ou pior que eles.

Obrigado, PODER SUPERIOR, por mais essa Dádiva de um dia limpo, só por hoje.

Um forte e cordial abraço a todos vocês.
TAMUJUNTU.

2 comentários:

  1. Caraca me deu medo,da fala do Jovem e ao mesmo tempo fico triste em ter que aceitar q essa é a dura realidade do nosso País,qtos "Alanzinhos"existem por aí,com o mesmo pensamento e até piores.Que bom meu amigo que vc escolheu sair dessa vida,e consegue estar firme na caminhada apesar dos dias ruins afinal eles sempre existirão.
    E que DEUS possa nos usar sim sempre para ajudarmos as pessoas que querem sair dessa vida insana.
    Como sempre uma leitura leve e tocante!
    SPH..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário, querida Bella.
      Realmente existem muitos "Alanzinhos" por aê e é assustador mesmo. Hoje eu me assusto, mas antes eu me espelhava.
      Abração, amiga...TAMUJUNTU.

      Excluir